Lotus e Caterham

Como muitos de vocês já devem saber, a equipe Lotus (Team Lotus, de Tony Fernandes) anunciou a aquisição da fabricante inglesa de carros esportivos Caterham. A Caterham fabrica o modelo “Super Seven” (super 7), um modelo originalmente projetado e fabricado pela… Lotus Cars! Só que depois de um tempo Colin Chapman quis partir para modelos mais sofisticados e se desfazer desse modelo e a Caterham comprou o maquinário e licença de produção.

sabemos, em paralelo a isso Tony Fernandes aguarda a definição dos tribunais ingleses sobre o direito de uso do nome Lotus na F1, resultado que tende a lhe ser favorável pois ele é o legitimo dono do nome Team Lotus e a Lotus Cars é mera patrocinadora da equipe Renault (e ninguém chama a Ferrari de Marlboro, chama?).

Se Tony ganhar nos tribunais, em breve poderá juntar o nome Team Lotus (cujo uso não se restringe apenas a F1) a uma marca de carros com DNA da Lotus original. Se perder, já tem um excelente nome de plano B e pode rebatizar seu time de Caterham F1 e igualmente turbinar o marketing sua nova fabrica de carros esportivos, que deve ganhar jóia produtos.

De qualquer forma o que me parece claro é que a Lotus Cars, patrocinadora da Renault é a que mais sai perdendo nessa historia, pois se os tribunais não lhe forem favoráveis, a equipe possivelmente teria que mudar as cores de seus carros do preto e dourado, que remete claramente a Lotus, para outra. Além disso, caso ganhe, o desgaste terá sido grande e o grande nome por trás dessa confusão toda, o jovem senhor Bahar deve sair chamuscado por torrar tanto dinheiro em publicidade (parte dela negativa, pelos processos envolvidos) e poucos resultados comerciais, visto que as aspirações da Lotus em se tornar a Ferrari Anglo-malaia esta saindo financeiramente caríssimo e e comercialmente esta muito longe de justificar o que já foi gasto e o que ainda será (muito, se depender de Bahar).

Independente disso o que Tony Fernandes cada vez mais vai mostrando que é um excelente enxadrista e que a turma que apoia Danny Bahar hoje deve estar pensando bem se terá valido a pena comprar essa briga que foram erroneamente levados a acreditar que seria curta e de fácil resolução.

Os próximos movimentos prometem ser bem interessantes para o avanço da “novelas das Lotus”.

Anúncios
Esse post foi publicado em Caterham, Lotus, Tony Fernandes. Bookmark o link permanente.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s