As novidades da Williams em Spa.

Conforme eu cantei a bola no programa da semana passada, e mesmo em Junho, a equipe Williams utilizou no GP da Bélgica uma asa traseira que eles já haviam testado nos treinos livres do GP do Canadá. Essa asa tem uma aprofundamento em sua área central, deixando as extremidades mais elevadas e assim diminuindo o arrasto aerodinâmico para se ajustar melhor às curvas de raio longo e retas dos circuito Belga, veja:  Clique na imagem para apliá-la
 
Anúncios
Esse post foi publicado em asa traseira, GP da Bélgica, Novidades aerodinâmicas, Spa-Francorchamps, Williams. Bookmark o link permanente.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s