GP da Coreia do Sul – Classificação e breve análise

E Hamilton foi lá e fez. Muito bacana a pole dele que, espero, se transforme em vitória e transforme o sorumbático piloto naquele empolgado garoto de 2007 a 2009. Na classificação de hoje as pequenas surpresas para mim foram não ver Button fechar a primeira fila com Hamilton, pois a McLaren parecia superior e ver Massa a frente de Alonso, pois este abortou sua última volta rápida, provavelmente quando viu já no seu primeiro setor que não superaria o brasileiro. Resta ver se amanhã o brasileiro também termina à frente do espanhol, o que não aconteceu em condições similares no GP do Japão último.

Bruno Senna não conseguiu fazer frente a seu companheiro Vitaly Petrov, disse que a falta de quilometragem nessa pista com um carro bom pesou contra. É sim um argumento verdadeiro e não tiro sua razão, mas daqui pra frente ele tem que correr atrás do prejuízo, pois em tese essa diferença de experiência dos dois vai se repetir em todas as pistas até o final do ano e não é bom pra ele ficar por baixo.

Barrichello, Maldonado e a Williams tentaram uma estratégia ousada de poupar pneus e tentar sair só no fim do treino. Com o carro ruim que dispõem as chances de encaixar uma volta suficientemente rápida de prima eram exíguas e a possibilidade de um dos dois ser eliminado no Q1 eram grandes e dessa vez coube ao brasileiro ser eliminado. Ao menos Barrichello terá um invejável estoque de pneus novos para a corrida de amanhã, que deverá ser com pista seca.

De resto palmas ao bom ritmo das Force Índia, que passaram para o Q3, e para as Toro Rosso, que ficaram bem no grid. As notas negativas vão para Schumacher, que tentou a mesma estratégia da Williams para o Q2 e largará da 12º posição e para Sérgio Perez, de quem esperava mais que um 17º lugar.

Veja o grid de largada da corrida desse domingo (a largada será às 4 da manhã na TV Globo, com o horário de verão já em vigor):

Q1
1º. Lewis Hamilton (McLaren), 1min35s820
2º. Sebastian Vettel (Red Bull), 1min36s042
3º. Jenson Button (McLaren), 1min36s126
4º. Mark Webber (Red Bull), 1min36s468
5º. Felipe Massa (Ferrari), 1min36s831
6º. Fernando Alonso (Ferrari), 1min36s980
7º. Nico Rosberg (Mercedes), 1min37s754
8º. Vitaly Petrov (Lotus Renault), 1min38s124
9º. Paul di Resta (Force India), sem tempo
10º. Adrian Sutil (Force India), sem tempo
Q2
11º. Jaime Alguersuari (Toro Rosso), 1min38s315
12º. Michael Schumacher (Mercedes), 1min38s354
13º. Sebastien Buemi (Toro Rosso), 1min38s508
14º. Kamui Kobayashi (Sauber), 1min38s775
15º. Bruno Senna (Renault), 1min38s791
16º. Pastor Maldonado (Williams), 1min39s189
17º. Sergio Pérez (Sauber), 1min39s443
Q3
18º. Rubens Barrichello (Williams), 1min39s538
19º. Heikki Kovalainen (Lotus), 1min40s522
20º. Jarno Trulli (Lotus), 1min41s101
21º. Timo Glock (Virgin), 1min42s091
22º. Jérôme D’Ambrosio (Virgin), 1min43s483
23º. Vitantonio Liuzzi (Hispania), 1min43s758
24º. Daniel Ricciardo (Hispania), sem tempo

Anúncios
Esse post foi publicado em análise, classificação, GP da Coreia, GP da Coreia do Sul, grid, resultados. Bookmark o link permanente.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s