Futebol, bazófia e Formula 1

Acho tão cretinas essas pessoas que escrevem de futebol como se fosse algo superior, divinal, como se um bando de jogadores milionários e suarentos fossem poetas alados bailando por um salão de grama, traçando paralelos antropológicos e motivacionais chinfrins mesclado com poesia barata…
Transformam um jogo ou seu time de futebol em algo idílico e/ou fundamental quando na verdade é banal e irrelevante para suas vidas reais, uma irreal fuga escapista da realidade pétrea de seus dia a dia massificantes e rasos das vidas rotineiras e tediosas da larga maioria .

JAMAIS me verão escrever que a Formula 1 é mais do que aquilo que ela realmente é:

Apenas o melhor esporte do mundo que transforma a vida de seus milhões de seguidores em seres celestiais e superiores, dando-nos por algumas horas certeza de um mundo melhor, transformando todos em Reis e Rainhas, graças à pura magia no asfalto apoteótico de seus pilotos que como Pierrots na Sapucaí, erradicam a pobreza, a miséria, a dor de cabeça, o imposto de renda e aproxima as nações numa grande celebração de real júbilo duradouro e concreto! A Formula 1 e os esportes a motor de uma maneira geral, curam qualquer moléstia e influem diretamente na vida de todos positivamente, devendo ser guindado à condição de maior maravilha da humanidade desde a chegada do Messias, hoje reencarnado em forma de fibra de carbono, metal, borracha e gasolina. 

Viva, viva VIVA!!!

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s