Quem entra na vaga de Webber na Red Bull?

Como vocês sabem, a vaga de Mark Webber na Red Bull está aberta para 2014, já que ele não correrá mais por lá (leia AQUI) e a pergunta seguinte é: quem vai substituí-lo?

Muita gente acha que deve ser Kimi Raikkonen, o que é uma aposta interessante e coerente, já que ele está sem contrato para a próxima temporada, traria competitividade e mais publicidade para a equipe dos energéticos, afinal ele está deixando claro ainda ser muito rápido, regular e ainda traria sua personalidade avessa a mídia que atrai muitos fãs, além de ser um ex-campeão mundial da categoria com larga experiência em equipes como Sauber, McLaren, Ferrari e agora Lotus, além dos fatos de já ter trabalhado com Adrian Newey antes e se dar bem com Vettel.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Mas será que a Red Bull quer trazer alguém tão forte para ladear Vettel, que parece estar rendendo bem e satisfeito tendo um perfil de companheiro que não lhe oferece um combate mais renhido? Será que Vettel toparia correr com alguém que o ameaçasse na própria casa, se é que ele tem poder para vetar isso? Será que Kimi estaria disposto a correr o risco de deixar de ser o número 1 incontestável da Lotus, uma equipe competitiva, com potencial (tem feito bons carros mas acumulam grandes prejuízos financeiros) mas que não está no mesmo pé da rival, para tentar a sorte numa equipe campeã, mas que já tem seu aparente preferido? Se sentir à vontade numa equipe é um fator importante para o finlandês.

Não temos as respostas para todas essas perguntas, mas elas já estão sendo feitas pelos principais nomes envolvidos nessa complexa aritmética.

Só que aí vem outra pergunta: Qual o sentido da Red Bull manter com altíssimos custos a Toro Rosso e todo um programa de jovens talentos na F3, GP3, Renault World Series, GP2 etc, de onde saem nomes como, Buemi, Alguersuari, Ricciardo, Vergne e Antônio Félix da Costa entre outros, se eles não chegarão à equipe principal, pois acabam preteridos por um “estranho” ao programa?

Sob essa ótica nada desprezível, Vergne e Ricciardo, que vem vem mostrando um bom trabalho nesse ano, seriam os contendores favoritos à vaga de Webber, mas o fator Raikkonen não é nada irrelevante, e essa confluência de fatores e variáveis complica muito qualquer previsão mais assertiva quanto a quem será o companheiro de Vettel em 2014. Com quem eu assinaria? Raikkonen ou mesmo o praticamente descartado “outsider” Nico Hulkenberg, mas eu não sou da Red Bull… Teremos mesmo que aguardar.

Mesmo ainda sendo cedo, qual seria a sua aposta?

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s