Sobre Alonso e McLaren

Muito se falou nas semanas passadas sobre a possibilidade de Fernando Alonso deixar a Ferrari e voltar para a McLaren, onde correu no conturbado ano de 2007 e estou para falar disso desde então, mas agora finalmente consegui!

Segundo se comenta, Alonso está insatisfeito com a falta de desempenho e desenvolvimento dos carros italianos, que nunca tiveram a mesma eficiência dos carros da Red Bull e andou se oferecendo para eles nesse ano, causando uma sério estremecimento com os italianos, que acabaram recontratando Kimi Raikkonen no lugar de Massa, criando ainda mais desconforto para o espanhol que gosta de ser o número um inconteste.

O chefe da equipe italiana, o questionável Stefano Domenicali, diz não estar preocupado em perder o bicampeão, pois tem um longo e bem amarrado contrato em vigor e ouviu declarações do piloto que também gostaria de permanecer e ser campeão pela Ferrari.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Só que paralelamente a tudo isso a McLaren, assim como a Ferrari, vem reforçando seu staff técnico e passou a soltar mensagens simpáticas ao seu ex-piloto, dizendo que deixá-lo partir foi um erro, que adorariam tê-lo de volta – se ele estivesse disponível – e coisa e tal. Muitos leram isso como um claro indicativo que a parceria poderia se repetir já em 2014, mas isso seria pouco provável (impossível nada é), pois o contrato com os italianos está bem no meio e a equipe inglesa deve ter um 2014 um pouco complicado, pois ao mesmo tempo que se prepara para o novo motor da Honda em 2015, correrá pela primeira vez com o novo motor da Mercedes, que já falou que vai repassar o menor número possível de informações sobre o novo motor para evitar que a nova parceira dos ingleses se aproveite desses dados para refinar seus próprios propulsores no ano seguinte.

Além disso, Sérgio Perez fez uma bela corrida no GP da Índia, o que deve ter apaziguado um pouco a inquietação por resultados melhores do mexicano que, lembremos, trás consigo o apoio do bilionário Carlos Slim cujo império deverá se tornar patrocinador principal da equipe no ano que vem.

Sobre Alonso, caso a convivência com Raikkonen e a Ferrari se mostre realmente turbulenta e/ou os italianos errem a mão de seu carro novamente, 2015 parece um cenário mais realista para a ida de Alonso para a McLaren, aí já com o dinheiro da Honda bancando uma eventual recisão e abastecendo a equipe de fartos recursos financeiros para desenvolver o novo conjunto carro-motor. Nesse cenário se fala até de uma dupla Fernando Alonso e Kevin Magnussen, que em 2014 deve correr pela Marussia ao lado de Bianchi, cenário esse que deixaria Jenson Button sem lugar por lá, o que contraria alguns outros rumores de que a equipe pretenderia oferecer ao campeão de 2009 um contrato para encerrar sua carreira na McLaren em 2016.

De qualquer forma, tudo ainda está muito rarefeito mas as conversas, não se enganem, já devem estar acontecendo mesmo, só que provavelmente visando 2015. “Mas já? Ainda estamos em 2013!” dirá alguém. Sim, vamos lembrar que Alonso tinha contrato com a Ferrari desde 2009 para estrear em 2011, mas acabou sendo adiantado para 2010 com a dispensa do finlandês, então iniciar negociações desde cedo não é exatamente uma novidade para ele.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Sobre Alonso e McLaren

  1. could I essentially stop up gaining botanical slimming capsule(while in the form of muscle or drinking water retention)?

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s