Morre o tricampeão Jack Brabham

Foto de ontem

Morreu nessa segunda-feira, dia 19 de maio, na Austrália o tricampeão mundial Jack Brabham, único piloto da história da categoria a conquistar um título de Fórmula 1 pilotando um carro de sua própria equipe. Brabham tinha 88 anos e era o ex-campeão mais velho ainda vivo. Jack, além dos 3 títulos mundiais (1959, 1960 e 1966), conquistou 14 vitórias, 13 pole positions, 12 voltas mais rápidas e 31 pódios em 128 corridas disputadas entre as temporadas de 1955 e 1970 (elas eram bem mais curtas, com cerca de 10 etapas em média), quando se aposentou da Fórmula 1 e do automobilismo.

Jack e seu primeiro F1 – Foto correta enviada pelo leitor Renato Breder!

A equipe que criara usando seu próprio sobrenome, entretanto, continuou na Fórmula 1 até 1992, ganhando mais 3 títulos de pilotos além do seu próprio (1966), em 1967 com seu então companheiro Denny Hulme e em 1981 e 1983 com o brasileiro Nelson Piquet ao volante, quando a Brabham já era administrada pelo seu novo dono, Bernie Ecclestone.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Em 1970 aos 44, sua última temporada, empatou com Jackie Stewart na pontuação

Sir Jack Brabham – foi nomeado cavaleiro da Rainha em 1978 – também participou em 4 ocasiões das 500 Milhas de Indianápolis e de vez em quando ainda acelerava seus antigos carros em eventos espaciais, como em Goodwood 2004 (última foto abaixo). Ultimamente, entretanto, estava sofrendo de uma doença nos rins desde 2009, quando iniciou um tratamento de hemodiálise. Sua última aparição pública havia sido ainda ontem, no dia 18 de maio num encontro de carros de corrida antigos (essa primeira foto no topo do texto). Ele morreu enquanto tomava seu café da manhã hoje cedo ao lado de sua esposa.



Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Morre o tricampeão Jack Brabham

  1. Paulo Moisés disse:

    Brabham foi um grande nome da F1 de todos os tempos, haja visto vários pilotos terem criado suas próprias equipes e não vislumbraram o êxito do gênio australiano. Posso citar campeões como Emerson Fittipaldi, John Surtees, Alain Prost, Graham Hill etc. A única exceção é a McLaren, porém seu criador o neo-zelandês Bruce Mclaren não conseguiu como piloto ser campeão mundial. Que Deus te receba no paraíso eterno campeão.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s