Fórmula Indy a 413 Km/h

Esse carro aí em cima, pilotado pelo sempre temerário piloto canadense Paul Tracy, teria alcançado a impressionante velocidade máxima de 413,5 Km/h, um recorde extra-oficial da Fórmula Indy. Isso teria ocorrido em 1996 durante um teste privado da sua equipe Penske e chassis da própria Penske e motor Mercedes no circuito oval de Michigan. No mesmo ano e na mesma pista o brasileiro André Ribeiro alcançou de maneira oficial 407 Km/h com sua Lola-Honda T9.

Já o recorde oficial de velocidade média (ao longo de toda uma volta) pertence ao brasileiro Gil de Ferran, que em 2000 atingiu com um chassis da Reynard e motor Honda da equipe Penske e de forma oficial num treino classificatório da etapa do Oval de Fontana, a velocidade de 388,5Km/h. Clique nas imagens para ampliá-las!

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Anúncios
Esse post foi publicado em Fórmula Indy, Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

11 respostas para Fórmula Indy a 413 Km/h

  1. A.g. Gomes disse:

    Os antigos carros da indy podiam ser até meio esquisitos, mas eram infinitamente mais bonitos que os de hoje que,diga-se,são apenas esquisitos.

  2. Junior disse:

    Não consigo me comformar de como esses carros de 92 a 2002, com chassis Reynard, Lola, Penske e até os breves Swift eram extremamente bonitos e os atuais são horríveis. Minha cabeça não consegue processar como a evolução dos carros de Fórmula Indy transformou extrema beleza em extrema feiura!

    • Anônimo disse:

      os carros da F1 pra mim ficaram piores…. eu gostava da Renault 2006, McLaren 2007, RBR 2008…. e dos mais antigos, o McLaren 1996 eu achava muito bonito, mas o carro era muito ruim,… o modelo de 2002 tambem era muito bonito…. mas os que eu mais gostava eram os McLarem 91 e 92 do Senna, nao sei qual que gostava mais….

  3. Renan Gabriel disse:

    Carros de corrida são feitos para serem rápidos, não bonitos.

  4. Alessandro Silva disse:

    O mais impressionante é que eram carros maravilhosos e ao mesmo tempo, muito rápidos! Os carros de hoje, além de feios demais ainda não chegam aos pés destes em velocidade. São lentos e feios. Tenho saudades dessa época.

  5. Prezado José Inácio e demais leitores;
    Eu era um grande fã da Fórmula Mundial (Cart), depois Indy. Acompanhava tudo naquela época, pelas revistas Racing e Spesdway.
    Gostaria de saber se essa categoria não existe mais?
    Sei que a grande maioria dos pilotos e equipes rumaram para a Fórmula Indy, mas a Fórmula Mundial deixou de existir mesmo, por quais motivos?
    Um abraço.

    • Filipe disse:

      Meu camarada, a categoria nao existe mais, ela chegou a “sobreviver” como Champ Car até o fim de 2007 eu acho, depois ela foi unificada com a IRL por questões financeiras!
      espero ter ajudado

      • Raider disse:

        A CART sobreviveu até 2003. Depois virou Champ Car e conseguiu sobreviver até 2007 quando foi vendida e unificada a IRL no ano seguinte.

    • Anônimo disse:

      Isso mesmo… as duas categorias (que tinham se separado em 1996) se reuniram, em 2008 em uma só categoria agora chamada de IndyCar Series, ou popularmente conhecida como Fórmula Indy…. atualmente as corridas são transmitidas pelo canal pago Bandsports, todas as corridas ao vivo e cobertura de alto nivel, a maioria das corridas é narrada pelo téo jose… e algumas corridas sao passadas na Band, como as Indy500 e alguns compactos no domingo a noite….

  6. anonimo disse:

    esses carros so ficaram feios visando a seguranca dos pilotos.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s