Tempos difíceis à frente da Ferrari?

arrivabeneOntem a Ferrari anunciou a substituição de Marco Mattiacci por Maurizio Arrivabene. O primeiro havia substituído Stefano Domenicali, que agora está na Audi, e como vimos, não durou nem um ano no cargo.

Mattiacci foi uma indicação de Montezemolo e acredita-se que Marcchione, novo chefão da marca italiana queria substituí-lo por alguém mais alinhado pessoalmente com ele e com os interesses da FIAT, e para isso nada melhor que o vice-presidente da divisão Marlboro da cigarreira Philip Morris (Arrivabene), principal patrocinadora da Ferrari (sim, apesar de já não aparecer na pintura dos carros vermelhos desde 2007 a Marlboro ainda é a principal financiadora da equipe há mais de uma década) e que transita pelos bastidores da equipe há anos mas que nunca geriu de fato um time de corrida em categoria alguma.

Essa inconstância de chefia na Ferrari lembra muito aquela do fim dos anos 80 e inicio do anos 90, que me lembro de criança e das fitas VHS de resumo de temporada do Reginaldo Leme. Foram anos difíceis para os italianos, sempre impacientes por resultados grandiosos e sem pudores de trocar chefes que não apresentassem resultados, por menos tempo e autonomia real que tivessem para isso.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Esperamos que o douto signore Arrivabene tenha a calma, paciência, sorte e mesmo poderes distintos de seus predecessores italianos nessa chefia e consiga recolocar a scuderia de volta nos eixos, dando, por exemplo, tempo ao novo staff técnico liderado pelo também recém contratado James Allison entender e corrigir os problemas de sua equipe e projetos, como Ross Brawn e Rory Byrne tiveram no fim dos anos 90.

Quanto ao defenestrado Mattiacci, não me espantaria se em breve ele aparecesse trabalhando para a McLaren ou Aston Martin, mas já de volta à função pela qual ele se notabilizou originalmente: a gestão de vendas de carros de rua.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Tempos difíceis à frente da Ferrari?

  1. Pingback: Hulkenberg correrá na WEC 2015 pela Porsche | JOSEINACIO.COM

  2. Vettel Fodão disse:

    Vettel 1 segundo mais rápido do que rapa ano que vem! Quem dúvida?

  3. Anônimo disse:

    Vettel perdeu para Di Resta na mesma equipe, tomou sufoco em 2010 para o Webber, e levou uma surra do Ricciardo. Sorte dele que o Alonso saiu rs

  4. Pingback: JOSEINACIO.COM

  5. Pingback: Chegou a vez de Barrichello? | JOSEINACIO.COM

  6. Anônimo disse:

    A Ferrari vai continuar no perrengue e o Vettel vai sair de lá que nem o Prost saiu nos anos 90, escorraçado. Anotem aí!

  7. Anônimo disse:

    A Ferrari vai continuar no perrengue e o Vettel vai sair de lá que nem o Prost saiu nos anos 90, escorraçado. Anotem aí!

    Francisco Pessoa.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s