Os primeiros testes de Alesi e Berger na Benetton

IMG_20150217_203821
Nessa matéria AQUI publicada tempos atrás, mostrei o primeiro teste de Michael Schumacher pela Ferrari, ainda em 1995 e com o carro da temporada que já acabara. Agora chegou a vez de vermos algumas imagens dos primeiros testes de Gerhard Berger e Jean Alesi na Benetton ainda com o B195, carro que dera à Michael Schumacher o seu segundo título nesse mesmo ano. Esses dois testes ocorreram em Estoril, Portugal.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Alesi-test95Como a imagem acima evidencia, o começo não foi muito auspicioso para a ex-dupla ferrarista: O B195 saia muito de traseira, conforme o estilo de condução que Michael Schumacher gostava – e herança de um chassis desequilibrado pela troca do pequeno e conhecido V8 da Ford que trabalhavam por anos pelo maior e mais potente V10 da Renault naquele ano –  mas esta não era a preferencia do francês e muito menos do austríaco.bergerTest95Alesi ainda disse se adaptar razoavelmente bem ao carro, mas rodou duas vezes nas primeiras voltas (foto do meio), mas Berger, maior, teve dificuldades em caber no modelo e quando conseguiu, bateu o carro e saiu cuspindo marimbondos: “Eu não consigo imaginar alguém ganhando corridas com esse carro e muito menos um campeonato” e tempos depois acrescentou “Eu simplesmente não conseguia pilotar o B195, eu detestava tudo nele, era tudo tão complicado.” 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

25 respostas para Os primeiros testes de Alesi e Berger na Benetton

  1. marlon disse:

    bons tempos da formula 1.
    quando se podia testar,não avia restrições ao desenvolvimento dos carros ,e sinceramente os carros desta época eram muito mais bonitos que os de hoje.
    Agora quero saber como as montadoras vão reagir a tentativa do chefão da formula 1 de acabar com os motores turbos;e voltar com os antigos aspirados,Eu adoraria ouvir o ronco dos v10 de volta a formula 1.
    Acho que nada disso teria acontecido se a FIA tivesse um plano de divisão dos lucros mais correto com todas as equipes,
    Mudou dos v10 para os v8 por querer diminuir os gastos,dos v8 para os turbos pelo mesmo motivo ,diziam que os turbos aliados aos ERS seria a nova realidade da formula 1.
    Quem vai ver esta tequinologia nos carros populares,os motores aspirados ainda são a realidade de hoje,

  2. Danilo Silva disse:

    ‘P’ilotos e ‘p’ilotos… enquanto o Schumacher disse que com a Ferrari teria sido mais fácil conquistar o título o Berger não conseguiu pilotar a Benetton e disse não conseguir imaginar alguém ganhando corridas e campeonato com aquilo……. o primeiro ficou conhecido por ser 7 vezes campeão do mundo e o segundo por ser um grande amigo do Senna………..

    • Anônimo disse:

      Lembrando que a Mercedes alterou o carro em 2010 para adaptar ao estilo do Schumacher, aumentando o entre eixos, avançando as rodas em cerca de 150 milímetros, e recuando as traseiras, e mesmo assim Rosberg continuou andando na frente, derrubando mais uma das desculpas que davam na época, e abaixo segue Schumacher e Berger com a Benetton a seu estilo.

    • Anônimo disse:

      Claro que Berger reclamou, Shumi sempre correu com controle de tração, pergunte ao Verstappen. E outra, mesmo assim, tanto Berger quanto Alesi venceram corridas com esse carro, ruim não era.

  3. GEcKoDriver disse:

    Aí está a resposta porque um carro não é o mesmo para companheiros de equipe. Pode ser ideal para um, mas horrível para outro. Exemplo desse ano foi Vettel e Ricciardo…

    • Anônimo disse:

      Já penso diferente, pois é só analisar Vettel e Webber em 2010, onde mesmo Webber sendo o segundo piloto, fez com que Vettel desse demonstrações de imaturidade ao ser superado em quase toda metade da temporada. Obviamente, não dar preferência ao Webber no Campeonato, deixando a disputa na pista, colocaria Vettel ainda na briga, e a Red Bull não ficaria com a fama de prejudicar alguém, mas depois de um tempo, nas temporadas seguintes, tiveram algumas ordens para Webber não atacar. Baseado nisso, acho que Vettel, por ter ganho 4 títulos, tinha o domínio da equipe, e portanto toda a capacidade de exigir que o carro fosse feito, ou alterado para favorecer seu estilo de pilotagem, pois dados eles tinham.

      Acho que Ricciardo foi superior, e talvez seja superior, lembrando que Vettel perdeu para o Di Resta quando eram companheiros de equipe na F3, portanto nada impossível.

      • Rodrigo Suardi disse:

        Talvez o Vettel seja inferior ao Ricciardo, o que não seria nenhum absurdo ou demérito ao alemão, visto que o australiano até o momento te se mostrado um excelente piloto desde sua estréia na F-1.

        Agora, onde o Webber foi tratado como segundo piloto na RBR não sei, inclusive tivemos ondem de equipe para que Vettel auxiliasse Webber e vice-versa, nunca a RBR mostrou em seus atos, preferência declarada ao alemão. Tivemos no GP da Inglaterra daquela temporada o famoso caso do aerofólio dianteiro, em que Webber se colocou como prejudicado por não estar testando a nova asa, enquanto a regra da equipe havia sido até aquele momento, passar atualizações ao piloto que estivesse na frente na tabela de pontuação, o que era o caso do Vettel naquele momento, que estava na frente de Webber, mesmo com duas quebras quando vencia com folga (Bahrein e Austrália). Ao final da temprada Webber cometeu vários erros enquanto que o ainda inexperiente Vettel mostrou maior controle emocional.

        Voltando então, talvez o Ricciardo seja mesmo superior ao Vettel, e torço para isso, pois quanto melhores os pilotos, melhor para nós espectadores… agora basear alguma limitação do Vettel pelo trabalho feito nas temporadas em que foi campeão, não faz sentido.

      • Anônimo disse:

        Rodrigo, não me lembro de detalhes de 2010, mas o argumento de Bahrein e Austrália não faz diferença no que estou dizendo, foram etapas iniciais, e Webber começou a superar Vettel na metade do Campeonato, por volta do GP da Espanha até o GP da Bélgica, superando o Alemão na tabela quase todo resto da temporada.

        Usando o seu argumento, ele teria a vantagem, e não Vettel, então porque ele usou um chassi anterior e descartado de Vettel no GP da Inglaterra, quando o seu tinha sido recuperado (por ter batido), sendo que estava na frente nessa etapa ?

        “Na ocasião o alemão disse que havia algo de errado com o carro e o time descobriu problemas no chassi e assim fez com que Vettel utilizasse o número 2”

        Deixar a disputa na pista entre Vettel e Webber era a forma que Vettel tinha para virar a tabela, e ainda seria uma decisão ética para a equipe.

  4. Com esses comentários do Berger fica até engraçado imaginar que o Schumacher foi campeão com esse caro.

    • Danilo Silva disse:

      E na Bélgica deu um baile no Hill que com pneus de chuva não conseguia passar o Schumi com pneus de pista seca…

      • Anônimo disse:

        Talvez porque a chuva tivesse parado, e o pneu de chuva seja mais lento e se desgaste mais rápido, porque a pista estava seca para esses pneus.

        Lembrei do GP da França de 1999, com chuva mesmo, Schumacher e Barrichello, onde o Alemão tomou um sufoco, e ainda um X aos 49 segundos.

      • Anônimo disse:

        Lembrei de mais um X, agora do Herbert em cima do Schumacher em 1993, com aquela Lotus usando o motor Ford HBD, mais lento que o HBA, usado pela Benetton.

  5. Danilo Silva disse:

    Alesi até hoje se perguntando “como o alemão segurou aquele carro?”

  6. Beto disse:

    SCHUMACHER É O PELÉ DA FORMULA 1 QUER QUEIRA OU NÃO, OS NÚMEROS FALAM POR SI SÓ,EU ADORAVA ACORDAR CEDO PARA VER O SCHUMACHER PILOTANDO OU MELHOR DIZENDO DANDO SHOW NA PISTA,SUAS MANOBRAS AGRESSIVAS,OUSADAS DE ULTRAPASSAR AONDE PARECIA IMPOSSÍVEL VALEU APENA TODAS AS MANHÃS,LEMBRO MUITO BEM DA SUA DESPEDIDA DA FERRARI EM 2006 QUE CORRIDA FOI AQUELA ELE DEU UM SHOW DE PILOTAGEM NINGUÉM FICA 15 ANOS EM ALTO NÍVEL NUMA FORMULA 1 ALTAMENTE COMPETITIVA ATOA.

    A REDE GLOBO TENTA NOS ENGANAR DIZENDO QUE RUBINHO ERA MELHOR E TAL,QUE O RUBINHO ACERTAVA O CARRO PARA O SCHUMACHER SENDO QUE TINHAM ESTILOS DE PILOTAGEM TOTALMENTE DIFERENTE,ALIAS O SCHUMACHER TINHA UM ESTILO DE PILOTAGEM BEM DIFERENCIADO,SAINDO DE TRASEIRA COISA RARA NA F1,FOI CAMPEÃO ANTES DE SER COMPANHEIRO DO RUBINHO,DESDE O PRIMEIRO CONTATO COM A JORDAN SE MOSTROU MUITO VELOZ,SE O RUBINHO ACERTASSE O CARRO PARA O SCHUMACHER ELE SERIA VICE KKKKK

    SCHUMACHER ERA UM GÊNIO.

  7. Anônimo disse:

    O Reginaldo não disse nada, o Fritz que relatou o que Prost disse.

    “Alain Prost me disse em um jantar em Paris que eles atrasavam o motor do Barrichello do box quando ele estava forte demais em relação a Schumacher”

    • Beto disse:

      O MOTOR DO BARRICHELLO FOI ATRASADO NA CARREIRA INTEIRA NA F1

      • Anônimo disse:

        Pelo que li, me parece falta de sorte, e um conjunto de decisões erradas, mas é inquestionável o talento dele. Foi Campeão em todas as categorias que passou antes da F1. Em 1993, ano de estréia, fez uma corrida fantástica em Donington, saindo do 12 lugar com uma Jordan, e na primeira volta já estava na frente do Schumacher, chegando a disputar e ficar na frente de Prost e Hill.

        Em 1994, conseguiu uma pole, um 3 lugar, e 5 vezes o 4 lugar, entre outros resultados em 1995 e 1996, como um 2 lugar.

        Leia a matéria:

        Documentos revelam que Barrichello esteve perto da McLaren em 1994 e na lista da Ferrari em 1996

        Na matéria verá que a McLaren e a Ferrari já estavam de olho nele, o erro foi não ter ido para a McLaren, principalmente com os carros competitivos em 1998 e 1999.

        Foi para a Stewart e chamou a atenção, principalmente em 1999, com vários 3 lugares, e uma pole, e a McLaren ofereceu uma vaga novamente, mas ele optou pela Ferrari.

        Sobre a disputa com Button, teve a questão dos freios na Brawn, mas depois da temporada, a McLaren queria contratar Barrichello, e não Button.

        Quanto mais tentar diminuir o Barrichello, mas difícil fica tentar explicar porque ele teve que ceder posição na Ferrari.

  8. Beto disse:

    A GLOBO SEMPRE TENTA DIMINUIR O SCHUMACHER,A PONTO DO LEME FALAR QUE O ALONSO É MELHOR DO QUE O SCHUMACHER FOI,QUANTAS VEZES O SCHUMACHER CARREGOU O CARRO NAS COSTAS E TEVE PACIÊNCIA ATÉ TER UM CARRO CAMPEÃO,NÃO TENHO NADA CONTRA O RUBINHO MAIS A GLOBO ME DÁ NOJO PRINCIPALMENTE ESSA DUPLA REGINALDO LEME E GALVÃO BUENO ELES FAZEM QUESTÃO DE DIMINUIR O TALENTO DO ALEMÃO

  9. Beto disse:

    O PRÓPRIO SCHUMACHER ESCOLHEU O RUBINHO COMO COMPANHEIRO DE EQUIPE,ELE TINHA ESSA CLAUSULA EM CONTRATO QUE LHE DAVA DIREITO DE ESCOLHER O COMPANHEIRO DE EQUIPE.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s