Sobre o rumor de aposentadoria de Fernando Alonso

wpid-img_20150303_093940.jpgOntem à noite lí na timeline do meu Twitter a seguinte frase twitada pelo site Grande Premio, “Alonso abandonando a carreira por problemas psicológicos???” A seguir vinha um link que direcionava os interessados na história para o blog do jornalista Flávio Gomes, dono do conhecido site supra citado.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

É evidente que fiquei muito surpreso e curioso, até porque nada havia lido sobre isso junto aos veículos internacionais que cobrem automobilismo que sigo, a maioria também muito bem informada e cliquei no link. Uma vez no blog dele, sua postagem dizia: “Está na imprensa austríaca hoje, com destaque. Alonso vai encerrar a carreira por “problemas psicológicos”. Um jornal de Viena diz que tem informações nesse sentido. Tudo muito, muito esquisito”.

Com isso em mente, fui atrás dos principais jornais austríacos e depois de procurar em cinco deles, achei no conhecido Kronen Zeitug, de Viena, uma manchete que poderia ser a originadora de toda essa celeuma. Clicando nela, traduzi seu conteúdo para o inglês e pedi uma segunda tradução a um amigo que fala alemão fluente. Ao lê-las, fica a impressão que a matéria é bastante especulativa, não trazendo nenhum fato novo ou mesmo informações extra-oficias de gente próxima ao piloto que apontem para uma mudança na carreira do espanhol.

Toda a confusão sobre sua possível aposentadoria, aliás, parece ter nascido do trecho final da matéria que após falar da já sabida perda de consciência e subsequente confusão mental do espanhol após a misteriosa batida, cita uma declaração de Martin Brundle e que reproduzo aqui com uma tradução minha:

“…Martin Brundle, numa entrevista à Sky (TV a cabo inglesa pela qual ele cobre a F1), dá um passo além: ‘Se um piloto tem um problema ao apagar, isso pode significar no pior caso, até o fim de sua carreira, mas eu espero que Alonso não tenha sofrido algo assim’.”

Depois a matéria relata que Alexander Wurz, presidente da GPDA também foi procurado pelo jornal e que ele nada sabe sobre os diagnósticos médicos oficias, não podendo especular e tendo que confiar nas informações da FIA e da McLaren.  O artigo então termina dizendo que Alonso já se manifestou pelo YouTube dizendo que está bem e que voltará no GP da Malásia.

Se for esta a matéria que deu início a todo esse furdunço sobre Alonso se aposentar (leia ela em alemão clicando aqui), não traz nenhum dado que não esteja no rarefeito campo especulativo que aponte para o ocaso da carreira de Alonso na Fórmula 1. A aposentadoria é possível? Sim, claro, mas com base nessa matéria, não parece provável. Posso estar errado ou mesmo não ter achado a fonte certa, mas até que algo mais palpável surja no sentido contrário, continuo crente no retorno de Alonso para o cockpit da McLaren esse ano.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

57 respostas para Sobre o rumor de aposentadoria de Fernando Alonso

  1. Everaldo Dias disse:

    Todos sabem que o Flávio Gomes adora uma polêmica. É um bom jornalista, escreve bem. Inegável. Mas adora um zum zum zum. O Grande Prêmio em si é um bom site. Mas a maior parte de suas notícias nada mais são que traduções da Autosport inglesa, embora produzam matérias autorais e muito boas por sinal. Mas não gosto do tom de chacota muitas vezes empregadas pelo Flávio Gomes e outros jornalistas e colaboradores do site. Pra ser bem honesto, vejo o jornalismo hoje, automobilístico ou não, muito mais especulativo que informativo. Dá uma espécie de desgosto quanto a falta de caráter de muitos meios e muitos jornalistas em si…

    • Anônimo disse:

      Perfeita suas palavras, iria escrever algo semelhante mas você disse tudo!

    • osther disse:

      Com o advento da massificação da internet, o jornalismo se transformou em comércio eletrônico de cliques. O nome disso, dessa artimanha é clickbait.
      Como profissional de comunicação, pra mim, só tem credibilidade notícias provindas do globo.com e uol. Que ainda fazem jornalismo de verdade, com apuração real. E ainda assim com ressalvas aos títulos/manchetes duvidosas para atrair cliques e, obviamente, excluindo os respectivos blogueiros dos canais. Blogueiro não é jornalista. Blogueiro e emissor de opinião sobre determinado tema. Muita gente confunde o que é notícia jornalistica com especulação de blogueiro. Aí gera esse buzz.
      Também, uma profissão que não exige diploma, não tem um órgão responsável e não tem lei da nisso.
      Agora os políticos estão sentido na pela o poder das correntes de especulações e histórias inventadas publicadas na internet sem qualquer controle. Logo eles criarão leis pra acabar com essa zona toda.

      • Daniel Massa disse:

        “Como profissional de comunicação, pra mim, só tem credibilidade notícias provindas do globo.com e uol.”
        hahahaha… agora conta aquela do papagaio.

      • Qta bobagem osther….
        Quer qualidade? Então leia a ‘manchete’ do r7 sobre esse mesmo assunto.
        Pelo menos aqui, o JI deixa claro que é apenas um rumor e nada oficial. Não teve afirmação alguma.

      • osther disse:

        Você não sabe de nada Daniel. Deve ser aqueles caras que postam hashtags do tipo #foraGlobo #GloboLixo #MídiaEscrota e etc. Por acaso você é formado em jornalismo? Em comunicação? Já trabalhou de verdade na área? Sabe do que está falando? Não sabe nem como é um LIDE, coisa mais básica do jornalismo, não faz ideia de como é um redação jornalistica de verdade. Baseado em que você quer tirar onda com piada de papagaio? Você é mais um idiota que põe a culpa do seu próprio fracasso na mídia.

      • Anônimo disse:

        Rapaz! Você é mesmo um especialista em comunicação. Ali Kamel, é você?

      • thiago disse:

        Credibilidade só tem globo.com e uol! Eu podia ter ido dormir sem ler isso.

      • Risonho disse:

        UOL? HAHAHAAHHAHAHAAHHAHAHAAHHAHAHAAHHAHAHAAHHAHAHAAHHAHAHAAHHAHAHAAHHAHAHAAHHAHAHAAHHAHAHAAHHAHAHAAH

    • osther disse:

      Ricardo. O comentário do Everaldo e post do José Ignácio são críticas de como a matéria escrita no site grande prêmio foi escrita. Não ouve apuração. Pegaram uma tradução forçada da internet de um jornal lá da Áustria que não afirmou nada sobre a aposentadoria do Alonso e que transformou isso numa manchete como se fosse verdade. O que o Ignácio singela e educadamente colocou em pauta foi isso. Não há credibilidade nenhuma para terem feito a publicação de tal conteúdo. Que era apenas especulação. Sobre isso que falei e concordei com os dois.

      • Zé Queiroz disse:

        Que incongruência hein Oster! A fonte de toda essa confusão veio de um blog ou de um jornal (veículo com “credibilidade”) local? Tirando possíveis equívocos de tradução, possivelmente esse canal é o equivalente aos r7’s e g1’s da vida deles. Além, o que globo e uol fazem em grande parte de suas matérias, sobretudo as internacionais, é confirmar a fonte e replicar a matéria com outras filuras; como q Reuters. Só que ai é outro patamar de compra midiatica…kkk No fim, somos meros filtros do mundo lá fora, ocultando ou exacerbando fatos de acordo com os interesses do poder vigente.
        Abs

      • osther disse:

        Isso aí Zé.

        A questão é essa exatamente. Mas a maioria nem entendeu. E não entende o que envolve o jornalismo. Muito mesmo o que eu disse sobre o clickbait, o que era a parte mais importante.
        Vlw!

  2. joao disse:

    baita pesquisa, José !!!

  3. marcelonso disse:

    José,
    Faço minhas as palavras do Everaldo Dias. Gomes é sem dúvida um bom jornalista, mas por muitas vezes lembra um certo personagem de novela, que adora um clics no seu blog.

    abs

  4. marcelonso disse:

    Leia-se “uns”

  5. Gerah Moura disse:

    Com extremo respeito todavia com um certo ceticismo dada as diversas incoerências do jornalista supra citado, que por inúmeras vezes escreve em caráter meramente especulativo uma vez que suas “pseudas” fontes são nada confiáveis ou enquanto jornalista se da ao luxo de suas interpretações equivocas como fôra brilhantemente elucidado pelo José Inácio penso que ele migrou da esfera jornalistica para uma quase humorística pois jornalista que não preza por responsabilidade, apuração de fatos e transparência em minha singela opinião faz piada !

    Este Sr. é um Fanfarão, apenas penso !!!

  6. Gerah Moura disse:

    Problemas psicológicos ? Não seria de ordem Neurológica !

  7. Anônimo disse:

    isso que da o cara ficar usando Google tradutor…………lamentável.

  8. Leandro Castro disse:

    Acho que entendi a piada do Flávio Gomes. Basta ler o que já foi escrito por ele lá e vocês entenderão também. Ele só escreveu seriamente sobre o caso apenas uma vez, depois ele fez piadas sarcásticas do que foi escrito pelos outros meios.

    • osther disse:

      Deixa de ser bobo Leandro. O amigo José Inácio sabe do que eu estou falando. O cara faz isso de propósito porque a manchete/título/chamada, absurda como essa, chama a atenção de todo mundo que se liga em F1 aí todo mundo clica e vai lá no site dele conferir. Resultado: Muito dinheiro (R$) provindos do CPI CPC do adsense e etc.
      A internet toda está assim. Quantas vezes você clicou em algum título ou chamada e caiu dentro da matéria e viu que não era aquilo que a manchete dizia ou então que eram só especulações.
      O fato dele ser sarcástico depois só comprova isso. Ele sabia o que estava fazendo e porque estava fazendo e todo mundo caiu na dele.

    • Alexandre disse:

      O Oster está certo. O FG gosta de polêmica para todo ano dizer que o site dele deu tantos e tantos clicks, assim era quando noticiava do Barrichello, sempre em tom sarcástico, porque dai sabia que passaria de 300 comentários

      • osther disse:

        Alexandre quando ele diz que deu tantos cliques precisamos lembrar o quanto de dinheiro ele ganha com isso.
        Imagina só: Faz um manchete safada dessa, com uma apuração vagabunda, com informação provinda de um jornal sem muita importância, ainda distorcendo e dando foco diferente do que foi informado pelo tal jornal. Daí o cara ganha milhares/milhões de cliques e enche os bolsos.
        Para referência, o site sensacionalista (http://sensacionalista.uol.com.br/), que por acaso agora faz parte do uol, é uma sátira exatamente desse método de comportamento do jornalismo atual. Ganha o clique na chamada da matéria, com uma frase absurda e depois vem com uma explicação esdruxula e sem sentido que você só percebe depois de ler. Nesse meio tempo o cara já faturou com o CPI enquanto você lia uma bobagem qualquer. E se você por um acaso clicar, por querer ou sem, no banner ele já fatura mais um pouco com o CPC. Daí por diante.

        Como eu disse clickbait não é jornalismo.

    • Marcell disse:

      O FG é um piadista, e tbm um bom fazedor de enredos em suas matérias… (Enfim ele faz um bom trabalho quanto a cobertura automobilística em seu blog, o cara não é irresponsável, é um jornalista que dá a sua opinião de forma variada…chacota, irônica e etc…) Além do mais o cara não afirmou nada, apenas veiculou mais um rumor de tantos que já apareceram a respeito do caso Alonso-Mclaren… Hj o próprio Boullier afirmou que o espanhol teve perda de memória, porém não precisou o tempo e de q tamanho foi esse lapso de amnésia.
      Enfim, esse caso continua sendo um mistério…

    • José Inácio disse:

      Daniel, não entendo a polêmica. Não falei mal do FG, apenas que fui atrás do jornal austríaco que ele mencionou e que ele – o jornal – não parece ter uma informação muito credível. Não falei que o FG cravou nada errado (até porquê ele não falou do assunto como um fato) nem que o tal jornal é a única fonte sobre o tema. Não procure pelo em ovo!

      Abs

  9. Rogerio disse:

    Desculpe, mas o blog do Flavio é uma porcaria!

    Todo ano, ao invés de mostrar as modificações dos carros como faz o José, ele fica com aquelas piadinhas ridiculas do fluxo de ar. O cara cobriu sei la qto tempo de F1 mas não aprendeu nada. Devia só ficar no Oba oba com a verba da empresa. Por isso não se fixou! Agora mantem o GP que é pura tradução e floreio da AutAutoSport. Depois que sai la….os miqmiquinhos amestrados correm pra publicar em português.
    Imprensa chapa branca é osso!!!

  10. José disse:

    Sem querer defender o Flavio Gomes, até porque não gosto das opiniões pessoais dele, mas as pessoas tem dificuldade em separar o site grandepremio.com.br do blog do Flavio Gomes. Em nenhum momento ele afirmou ser verdade e apenas comentou que saiu o tal boato na imprensa suíça. Agora, me desculpe o José Inácio (que reconheço, nesse post foi correto em buscar fontes e não emitir opinião sem bases), mas em termos jornalísticos Flavio Gomes está anos luz a frente tanto em termos de conhecimento quanto de credibilidade. Vários posts do Inácio tem erros simplórios e me espanta vir aqui um cara desdenhar do Flavio Gomes dizendo que só confia no globo.com e uol. Por favor, né? Se UOL é tua fonte, estás bem perdido, meu caro.

    • Daniel Massa disse:

      Perfeito raciocínio, meu caro. A preguiça é a mãe da burrice.

      E meus comentários não foram publicados até agora…

      Segue um deles aqui:

      “Mais um pedacinho de horizonte para preguiçosos, ou seja, mais fontes:

      http://esporte.uol.com.br/f1/ultimas-noticias/2015/03/05/fernando-alonso-pode-nunca-mais-pilotar-na-formula-1-diz-jornal.htm

    • osther disse:

      Quero me lembrar do dia que li alguma mentira ou especulação sem razão no globo.com ou uol. É isso que quero dizer. Agora em outros locais já de li de tudo. Inclusive essas manchetes clickbaites que você nem sabe o que é e clica nelas o tempo todo.
      Poderia me elucidar qual o problema com o globo.com ou com o uol?

      • Zé Queiroz disse:

        Replicadores de massa.

      • osther disse:

        Mas Zé o problema não está em quem replica a matéria. O problema está nas antas que as leem e não entendem o contexto todo que as envolve.
        O Uol e o Globo sabem o que estão fazendo e fazem de acordo com seus próprios interesses. Eu quando leio uma matéria sei muito bem, o porque da matéria estar publicada lá, sei que em grande parte estão defendendo seus próprios interesses, com toda razão afinal, são empresas privadas e não tem obrigação nenhuma de fazer caridade. Mas eu sei filtrar isso. Sei que o que leio ali é uma versão da realidade imposta por quem a escreveu. Porém sei também, que estando ali, em locais de jornalismo onde existe apuração, são verdades que não podem ser contestadas. Embora a versão apresentada até possa ser. É o caso das chamadas e títulos duvidosos.
        Outro exemplo é o próprio trabalho de curadoria jornalística feito pelas mídias. Decidir qual matéria será publicada e qual não será. O grau de importância de cada uma. Eles fazem isso pensando em si mesmos. Isso já é um filtro de interesse do veículo. Não veremos muitas ou praticamente nenhuma notícia sobre a Fórmula Indy no globo.com porque não é do interesse deles que isso seja veiculado. Mas caso algo seja publicado sobre tal assunto é porque foi apurado e não uma mera especulação.

        Eu fiz vários comentários aqui hoje, coisa que habitualmente não faço, com a intenção de elucidar muitas coisas das quais eu tenho domínio. Não me verão emitindo opiniões sobre coisas das quais eu desconheço. Até agora ninguém entendeu o contexto todo do negócio do qual o Ignácio fez o post. Todo mundo está levando pro lado do um contra o outro. Tá igual disputa política PT x PSDB sem levar em consideração o contexto.
        Eu falei de clickbait, falei de apuração jornalística. Tentei explicar muita coisa. Mas todo mundo só se apegou ao fato de eu ter citado uol e globo.com.
        Mas eu bem sei que dentro do processo de comunicação existe o ruído (outra coisa básica da comunicação) e a distância do que se é dito e a distância do que é entendido é muito grande. O que foi dito por mim, antes de tudo, provém da minha lógica de raciocínio e o que o outro entende provém da sua lógica de raciocínio. Só nisso, excluindo todo o conteúdo da informação, já gera uma distorção entre o que foi dito e o que é entendido.
        No mais eu me esqueço que 99% das vezes não vale a pena debater na internet.

        E é bem provável que leiam essa comentário agora e ainda façam comentários focando o que eu disse sobre globo.com e uol rsrsrsrs

      • thiago disse:

        O blog do Flavio Gomes está hospedado no Uol. Precisa de mais exemplos ou este basta?

    • Rogerio disse:

      Errado. O flavio faz sempre questão de pisar nos outros veículos que divulgam boatos. É bem estilo governo PT mesmo. Critica os outros mas faz pior!!!
      Bloguezinho chapa branca.

      • Zé Queiroz disse:

        Concordo contigo Oster! Só uma questão pessoal, fujo, com força, de opiniões massificadas, daí minha crítica, não com quem replica, mas com quem crê nessas fontes como verdade papal!rs como você bem disse, são empresas de capital não de filantropia, então, pessoalmente, tenho minhas críticas à quaisquer empresas de comunicação que possam, por ventura, homogeneizar ou moldar opiniões não convergentes com o propósito.
        Abs

  11. Godfather disse:

    PessoAll, vocês estão perdendo tempo. O minhoca, em si, é uma piada. Não é levado a sério por ninguém do meio. Dentre algumas “polêmicas” (na verdade, desespero por views em seu blog) do adereço de jardim, estão a guerra declarada a Rubens Barrichello, o amor não correspondido por Ayrton (o cara, anualmente, lembra da morte do Becão, mas sempre com algumas alfinetadas desnecessárias), e a idolatria fetichista pelo Queixada. Mas, a maior de todas as piadas, é o mesmo se apresentar e se autodefinir-se como piloto e jornalista.

  12. Wagner disse:

    Engraçado não li essa noticia no grandepremio.com.br, que por sinal é um site parceiro do Uol. O conteúdo do site é sim jornalístico, já o conteúdo de um blog expressa a opinião e comentários da pessoa física proprietária do mesmo, que neste caso é o proprietário do site.
    Entendam, um blog pode até dar uma noticia, mas não tem este como principal objetivo.

  13. Anônimo disse:

    E te ironizou lá no blog dele,nos comentários….lamentável.

  14. Mau disse:

    Esse Flavio Gomes gosta muito de aparecer. Para mim ele é um péssimo jornalista.
    Opinião séria é esta, feito pelo JI, embasada numa bela pesquisa.

  15. Arthur disse:

    Hahaha, acho engraçado criticarem o Flávio Gomes aqui. Ainda mais quem gosta de automobilismo.

    Não vale nem a pena abrir discussão.

    Duas informações aos fãs do G1 e UOL: o site Grande Prêmio faz parte do UOL e o FG é o proprietário do site.

    Além disso, o mesmo está há dias fazendo piada das notícias que estão saindo sobre o Alonso. Piada. E ele faz isso no blog, espaço particular onde ele publica o que quer.

    Acho que o Inácio entendeu isso, mas o pessoal dos comentários não. Pena.

  16. Heron Soares disse:

    Não tenho acompanhado muito de perto a pré temporada por falta de tempo, mas tbm acho muito especulativo esse caso do Alonso. Um piloto como ele não larga os tacos assim tão simples.

    E sou obrigado a concordar que o Flávio Gomes é um péssimo jornalista. Se é que cabe esse título a ele.

  17. Anônimo disse:

    No entanto, não podemos esquecer que o novo modelo estrutural aqui preconizado representa uma abertura para a melhoria do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades. É importante questionar o quanto a complexidade dos estudos efetuados possibilita uma melhor visão global dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Todavia, a crescente influência da mídia auxilia a preparação e a composição dos paradigmas corporativos. O cuidado em identificar pontos críticos na estrutura atual da organização afeta positivamente a correta previsão dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência. Não obstante, o fenômeno da Internet desafia a capacidade de equalização das direções preferenciais no sentido do progresso.

  18. jerri disse:

    A única coisa a dizer é PARABÉNS pelo excelente trabalho J.Inacio, continue assim para o bem de nosso esporte.

  19. Silvestre Zanon disse:

    blá…blá…blá…quanto ódio no coração!!!! A vida de alguém vai mudar por conta disso gente?

  20. tododoro disse:

    O Osther é o Flávio Gomes.

  21. Leandro disse:

    O Flávio Gomes é assim excêntrico gosta de polêmica, ele jura que os DKW e Trambat são melhores que os Mercedes e BMW inclusive no quesito poluição, ele jura que a Portuguesa é superior ao Corínthians e São Paulo. Em 2013 ele dizia que o Kimi iria ser campeão mundial, é o jeito irreverente dele, mas é boa pessoa, inclusive ele aceita críticas, gosto dele…Piquet, Eurico Miranda, também são assim querem holofotes….

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s