Mecânicos da Ferrari riem de Alonso

Caminhando a pé, possivelmente da ou para a pesagem obrigatória da FIA após abandonar seu carro lento nos boxes da McLaren na classificação, Fernando Alonso foi vitima dos olhares risonhos de mecânicos da sua ex-equipe Ferrari que triunfaria naquele mesmo fim de semana justamente com seu substituto, Sebastian Vettel.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER @inacioF1

Dureza… Mas, embora a caminhada da equipe inglesa para as disputas pelos primeiros lugares ainda prometa ser longa, não devemos subestimar a McLaren quando o motor Honda resolver seus problemas de confiabilidade que também limitam sua potência, pois o carro em si, é bom.

Atualizado: Inicialmente achei que a foto fora tirada após o abandono de Alonso na corrida, mas como a Ferrari estava com um carro pronto para sair do box, provavelmente o clique se deu na classificação.

Atualizado 2: Em momento nenhum disse que os mecânicos debochavam do espanhol. Apenas que riram da situação, provavelmente Alonso também. Rir é diferente de debochar, por isso existem as duas palavras. Não coloquem palavras nem intrigas onde não há!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

19 respostas para Mecânicos da Ferrari riem de Alonso

  1. Jobson disse:

    Pois é, José Inácio,

    Muitos estão subestimando a McLaren e a Honda… No momento é muito conveniente “bater” neles.

    Assim, como foi conveniente bater no Vettel com o carro da Red Bull de 2014.

    Abs.

    • jorge disse:

      Excelente resumo,é isso aí,fui educado a não subestimar nada nem ninguém,hoje é ele,amanhã pode ser eu,valeu Jobson.E foram 300.000mil euros cerca de R$1 bilhão de reais investidos na Ferrari para essa temporada,não é o mesmo carro que o Alonso pilotou em 2014.

  2. Moura Murilo disse:

    Eu acho que na verdade o Alonso deve ter acenado pra eles também, tipo aquele “FAZER O QUE” kkkkkkk …

  3. washington disse:

    bom nunca achei o Alonso esse mega piloto ! Acho que é fim de carreira para ele e o Button mais e minha opinião

  4. daniel disse:

    Reforça a teoria de que ele não se dá bem no trabalho em equipe. Villeneuve disse em se achar Deus.

    • Pedro disse:

      Villeneuve fala mal de todo mundo. Até do Massa que é seu amigo particular ele andou falando mal. Eu torço muito para o Alonso acho ele o melhor piloto do Grid, mas o carro não sabe escolher carros…

  5. Anônimo disse:

    Na foto ele parece estar sorrindo também!

  6. elvis disse:

    nos deveremos ver futuramente o alonso entre primeiros ele esta muito tranquilo …..

  7. Carlos Silva disse:

    Acredito no projeto da McLaren e da Honda. São duas empresas seriíssimas e com profissionais de primeira linha. No passado, já fizeram muito sucesso juntas. Ademais, Button e Alonso são deveras talentosos.

  8. Adriano Brito disse:

    acredito na maclaren,não na Honda,eles podem ter sido campeões na época do senna,mas não da pra esquecer a carroça que entregaram pro barichello,naqueles anos de Honda,praticamente afundando a carreira do brasileiro,torço pelo alonso,na minha opinião o melhor piloto da atual formula 1,e espero que a Honda faça o seu trabalho e de um bom carro ao espanhol,

    • Ricardo Pereira Silva disse:

      Adriano, não foi a Honda que afundou a carreira do Rubinho, mas o próprio brasileiro que jamais foi lá isso tudo. O Barrichello nunca passou de um chorão, que sempre esteve atrás do alemão. A montadora nipônica tem, sim, grande capacidade tecnológica, sendo que o Ayrton Senna conquistou os seus três títulos com os propulsores japoneses e, aliás, boa parte de suas vitórias na F-1. Em 1987, o Nélson Piquet foi tricampeão com Williams – Honda.

    • Fernando Assad disse:

      Adriano, a meu ver, você está, respeitosamente, equivocado. O erro da equipe de fábrica da Honda foi ter, justamente, contratado o Rubens Barrichello. Os japoneses deveriam ter assinado com um piloto como o Alonso, o Vettel etc. A montadora japonesa chegou a ter alguns bons resultados fornecendo propulsores para a BAR. O britânico J. Button ganhou uma corrida com a extinta Honda Racing. A Brawn GP foi campeã com um chassi da Honda…

    • Mariano Lima disse:

      É injusto acusar a Honda de quase arruinar a carreira do Rubinho. O brasileiro firmou contrato com a equipe japonesa por livre e espontânea vontade. Trabalhar para uma escuderia não quer dizer, necessariamente, garantia de ter um carro competitivo. Por derradeiro, é mister ressaltar que o Barrichello jamais foi um piloto topo de linha, como o Senna, o Piquet e o Emerson. No time da Honda, o Rubens ficou sempre atrás do britânico Jenson Button.

  9. anônimo disse:

    bota o carro de 2014 da ferrari pro vettel pra ele ver o que é bom pra tosse.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s