Mercedes manipula motores e ajuda a Williams?

merc1 A Mercedes teria motores melhores e estaria beneficiando a Williams na luta contra a Ferrari dando-lhe motores mais atualizados do que os que disponibiliza para a Lotus e Force Índia, diz o conhecido jornal espanhol El Pais.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER @inacioF1

Segundo o periódico, a Mercedes escolhe que atualizações disponibiliza para cada equipe de acordo com os seus interesses, para que o motor dos carros prateados estejam sempre com a última versão do software do motor. Num patamar abaixo estaria a Williams e num degrau ainda mais baixo se encontrariam Lotus e Force Índia, equipes cujas situações financeiras estão delicadas.

Ainda de acordo com esse raciocínio, a sutil melhora da Williams no GP da China poderia ser uma consequência direta do interesse da Mercedes em prover uma versão melhorada do software para que a equipe de Frank Williams se aproxime da Ferrari e assim roube mais pontos dos rivais italianos. Vale lembrar que Toto Wollf é um dos donos da Mercedes mas também é sócio da Williams, onde inclusive trabalha sua esposa Suzie Wolff como piloto de desenvolvimento.

wolffE porque ainda ninguém veio a público reclamar dessa disparidade de tratamentos? Segundo uma fonte ouvida pelo jornal que até bem pouco tempo atrás se relacionava com a fabricante alemã (alguém da McLaren?) “Porque há uma cláusula dentro do contrato que assinamos com eles que te impõe essa condição” Hum… 

Recentemente Felipe Massa teria insinuado (e depois negado) que os motores que usava poderiam ser diferentes dos de Hamilton e Rosberg. Também recordo que no fim de 2014 quando a parceria da sua McLaren com a Mercedes estava terminando, Ron Dennis disse em uma entrevista à Autosport inglesa que uma equipe que tem relação de cliente com um fabricante de motores (como a Williams com a Mercedes) nunca seria campeã: “Na minha opinião, e é uma opinião que muitos dividem na minha organização, é que que você não tem chance de ser campeão se você não está recebendo os melhores motores de quem os está fabricando”, explicando mais detalhadamente, “Nos motores de hoje não estamos mais falando de potência pura, mas de como você acessa essa potência, como você a armazena. Se você não tem controle do processo, o que significa acesso ao código de fonte (do software), então você não tem como estabilizar o seu carro nas entradas de curva, etc, onde você perde muito tempo numa volta. Mesmo que você tenha um motor com uma mesma marca, isso não significa que você tem os meios de otimizar o motor.”

Vale lembrar que na história da Fórmula 1 era comum e sabido que fornecedores disponibilizavam versões diferentes de seus motores para os seus parceiros e clientes, como por exemplo a Renault em nos tempos de Williams e Ligier entre 1992/94, Honda com McLaren e Tyrrell em 1991 a Ford com a Benetton e a McLaren em 1993 (para não falar nas equipes nanicas), mas na Fórmula 1 atual acreditava-se que todos os motores de uma mesma marca são iguais, já que todos tem que ser idênticos na sua homologação junto à FIA, mas isso aparentemente não garante real isonomia na cada vez mais complexa e vital parte eletrônica…

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

20 respostas para Mercedes manipula motores e ajuda a Williams?

  1. é um tanto ingenuo e simplorio demais quem acredita que a mercedes iria realmente dar o mesmo motor pra equipes clientes, relegando a sua equipe principal ao mesmo patamar das outras.. uma coisa eh vc homologar o motor padronizado pra suas clientes, outra coisa completamente diferente é , no decorrer do campeonato vc liberar as atualizações iguais pra todos os motores. isso acontece com a informatica por exemplo , onde uma determinada empresa fabrica um processador com 4 nucleos, mas libera apenas 2 pra uso,

    uma coisa podemos ter certeza, a Ferrari chegou, e o alonso deve estar chorando em sua tumulo de prata (mclaren). rsrs

  2. Edgar disse:

    Tá precisando dar mais motor pra Williams então hein? kkkkk

    Juro por Deus que não vi que sutil melhora foi essa. Foi a mesma coisa do GP da Malásia. A Williams é dura com os pneus desde o ano passado e não pôde fazer a estratégia das líderes de priorizar o macio pra corrida, por isso ficou tão para trás.

    Vai chegar no Bahrein, num asfalto mais liso e à noite, vai conseguir usar os mesmos pneus e a mesma estratégia das outras e dirão que a Mercedes liberou o motor pra eles! rsrsrs

  3. Felipe disse:

    Não entendi o que vc quis dizer com Sutil melhora da Williams? Más o texto faz.todo sentido

    • José Inácio disse:

      Eu não achei que a melhora da Williams tenha sido grande, por isso falei sutil.

      • Rick disse:

        José Inácio, É possível que essa melhora seja ainda maior no Bahrein? A afirmação de Rob Smedley de que a distância da Williams para Ferrari e Mercedes não Teria aumentado no GP da China Pode ser considerado como um indício de que essas novas atualizações do do Motor Mecedes estão chegando na Williams?

  4. Jefferson Gomes disse:

    Sutil melhora? Ahhaahah só se for o Adrian Sutil e isso foi na Malásia, na China não vi nada.. Só rindo com essa notícia.. A única coisa que sobra do Toto na Williams é a Susie, que com certeza vai sair ano que vem..

  5. Marcio Lucena disse:

    Na minha opinião, pode se atribuir essa melhora as temperaturas mais amenas do GP da China.Fato que todas as equipes trouxeram atualizações e que a Ferrari ficou mais atrás da Mercedes,mas o ritmo de corrida da Ferrari sempre foi superior a Williams.

  6. Ailton disse:

    Só um verdadeiro cego não enxergará… a mercedes realmente não está dando a seus clientes o mesmo motor. E isso vai de encontro as regras. A FIA determinou no regulamento, mas a mercedes não cumpre e ainda fecha contrato com seus clientes os impedindo de contestá-la. A F1 a cada dia cai no descrédito e os apaixonados pelo esporte cada vez mais deixarão de assistí-lo. Sou fã de f1 desde os tempos de Senna. Até hoje não perdi uma corrida sequer, mas neste último gp eu fui dormir antes do término da corrida… sinceramente a paixão está diminuindo com toda essa situação e sujeira…

  7. Rodrigo disse:

    A matéria faz todo o sentido e só ratifica o que eu já desconfiava. Já estamos no segundo ano dos motores híbridos e a Mercedes ainda mantem uma diferença de quase 2 segundos para os seus clientes. Muito estranho….
    No primeiro ano até poderia dizer…..isso é por causa da concepção do carro, 1º ano, a Mercedes fez o carro sob medida para o seu motor. Era a única que tinha acesso desde as pranchetas. Porém, no 2º ano dos motores híbridos, nada justifica o aumento da diferença. Não estou dizendo que a Mercedes não estaria na frente. No entanto, essa diferença existente no 2º ano só me leva a crer que a Mercedes trabalha com 2 tipos de software e vai liberando as atualizações para suas clientes a medida que melhora o seu software. Vocês podem tentar me convencer que é o carro W06. Daí lhes digo, não existe nada que a Mercedes possa ter feito aerodinamicamente ou mecanicamente que lhe garantiria essa grande diferença, exceto se a vantagem está no seu motor, que deve trabalhar de maneira diferente aos demais motores de seus clientes. Mais uma prova disso é a súbita volta da Ferrari, que está a frente da Williams, Force Índia e Lotus, que usam Mercedes (clientes). Por qual razão a Mercedes evoluiu e as cliente da Mercedes ficaram para trás. O certo então era a Mercedes também ter ficado um pouco para trás, o que não ocorreu. Será que a Williams, que já trabalhava com o Mercedes desde o ano passado, não tinha capacidade de projetar um carro um pouco mais adaptado ao motor da Mercedes? É só racionarem. Se o Ron Dennis, que é um dos caras mais sérios da F1, alertou e falou algo sobre o assunto, podem acreditar, existe um porém nesse fornecimento de motores. Não estou dizendo que a Mercedes ou qualquer outra fabricante, estão erradas, pois, por mais que digam que é um esporte, digo a vocês que é um negócio. E se é um negócio, a as fabricantes , se puder, vão pensar em suas equipes próprias primeiro.

  8. Leoni disse:

    Eu acredito que não é interessante a Mercedes dar motores iguais para a Williams e para a McLaren em 2014, por que elas podiam ameaçar a sua supremacia em certas pistas, já que são equipes tão bem estruturadas quanto a Mercedes. Já a Ferrari da motores iguais para todas, pq a diferença de estrutura entre a Ferrari e Sauber é enorme. Renault também da motores iguais para Red Bull e Toro Rosso pq são equipes do mesmo dono. O problema de ser cliente é além de pagar caro pelo motor e não ter ajuda econômica da equipe de fábrica. A Red Bull largou em 2007 o excelente motor aspirado da Ferrari pelo fraco Renault, apenas para ter uma ajuda financeira da Renault por fora, e por incrível que pareça a equipe Red Bull cresceu apesar dos 30 cavalos a menos, a Renault ajuda eles em tudo e até patrocinador da Infinitini eles conseguiram.

  9. Fernando Schneider disse:

    Querido Jornalista:

    A desconfiança não faz sentido algum, pois os alemães são muito leais em tudo o que fazem e não somente na produção de carros de F-1.
    Foram eles que inventaram o automóvel e, portanto, detém a melhor tecnologia do planeta no desenvolvimento e fabricação de veículos automotores. A VW, a BMW, a Mercedes, a Audi, a Porsche etc. dominam a indústria automobilística mundial oferecendo o que há de mais moderno aos consumidores.
    A escuderia Mercedes é corolário do grande poderio tecnológico que a Alemanha possui. Veja como se rastejam os carros da McLaren com os problemáticos propulsores Honda. E a quebradeira dos motores Renault? A Ferrari ganhou a segunda prova mais “por sorte”.
    A moda, agora, é a Alemanha, inclusive no futebol (Alemanha 7×1 Brasil). Depois do falecimento do Senna, dois pilotos germânicos ganharam ONZE títulos na Fórmula 1!!!!

    Eu sou
    Fernando Schneider

    • José Inácio disse:

      Reclame com o jornal El Paísl, com Ron Dennis e Felipe Massa.

    • Rodrigo disse:

      Sr. Fernando Schneider…..quem é você? algum engenheiro de F1 que possa atestar o que é bom ou ruim? alguma autoridade em engenharia que possa defender com convicção plena o que está afirmando? Você falou, falou e não disse nada. Eu sei que os alemães são muito leais, mas acredito que, se eles puderem escolher, serão mais leais a sua própria equipe e farão o que puderem para fazê-la ganhar. Ou vai me dizer que você sabe mais que o Ron Dennis? Ou que o próprio Felipe Massa? Se eles falaram, é porque deve existir um “porém” em torno do fornecimento dos motores para as equipes “clientes”. A F1 não é só um esporte, é um negócio, cuja vitrine é as corridas. Então, para mim, não é nenhuma surpresa que determinada montadora faça o que puder para ter alguma vantagem sobre todas as demais, inclusive, suas clientes. Além disso, todo mundo sabe que os alemães fabricam grandes carros. Mas outras nações, como Itália, Japão, Inglaterra, também são líderes em tecnologia. Ou vai dizer que Ferrari, Lamborghini, Aston, Honda não são exemplos de qualidade? Fora as demais que não citei. Será que os engenheiros que estão trabalhando para a Mercedes, na Audi, na Volkswagen, na Porsche são todos alemães? Digo a você que não, pois os melhores estão na Inglaterra. Outra coisa, não subestime os japoneses da Honda, pois esses caras são perfeccionistas e, quando acertarem, a Mercedes estará em sérios apuros. Pode acreditar.

      • Rodrigo disse:

        Outra coisa, os últimos 4 títulos não foram ganhos por mérito somente de um piloto alemão, mas sim por méritos também de um engenheiro inglês, o Sr. Adrian Newey. Conhece? Ou você acredita que o Vettel ganharia em qualquer outra carro esses 4 títulos? Não sabe nada mesmo.

    • Rick disse:

      Querido iludido comentarista Fernando Schneider :
      A desconfiança do Jornalista faz todo sentido, sim.Aquilo que , claramente não faz sentido é a sua cega crença na ”grande”, ”enorme” ”ética alemã”.A história da humanidade diz o contrário, pois os terrores dos campos de concentração só mostram o quanto esse ética é questionável,e, até hoje eles não se retrataram ou pagaram centavo por centavo aos Países aos quais eles destruíram durante a Segunda Guerra mundial. A austeridade que eles tem com os Países mais pobres da Comunidade Europeia, reflete a aminésia de um passado cruel que eles querem que mundo esqueça.É possível entender o seu eurocentrismos até pelo seu sobrenome ”Schneider”. Eu, no seu lugar, sentiria muita vergonha.Pois, a Alemanha tem um passado de arrogância, preconceito, intolerância,ou seja, nada ético, que até hoje persiste em existir na existência de grupos radicais neonazista no seu ódio aos imigrandes atualmente.Vá estudar mais História para sair do seu mundo do País da Marvilhas, onde a Almenha é potência da ética mundial.Mais humildade, pois José Inácio é um jornalista sério,inteligente, bem informado sobre o mundo do automobilismo. Trazendo detalhes minuciosos dos carros e características dos pilotos que só melhores comentaristas conseguem trazer ao leitor que ama a F-1 e automobilismo em geral.

    • Marcos disse:

      O dinheiro é alemão, mas a tecnologia é 70% inglesa, as principais peças são fabricadas na Inglaterra, o diretor técnico inclusive é inglês o Andy Cowell, o Andy Cowell está ganhando dezenas de milhões de dólares para ficar na Mercedes, a Ferrari quer ele, o diretor técnico da Renault também é inglês. O mundo da voltas, todo mundo sabe que o Ross Brown (também inglês) e representante da Mercedes dominou o Charlie Whiting (também inglês) da FIA e elaborou um regulamento que favorecia a tecnologia da Mercedes a denúncia é do Bernie (também inglês). A Ferrari e Renault não tem chance, os 2 motores tem arquitetura errada e não tem como mudar por causa do congelamento, além disto a Ferrari e principalmente Renault estão investindo menos no motor que a Mercedes, mas eu não subestimaria a Honda, o motor dela é o mais moderno dos 4 e deverá ser superior ao Mercedes em 2017.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s