Importantes mudanças na Manor

manorA pequena equipe Manor anunciou hoje que está passando por importantes mudanças em seu corpo técnico, que ganhou reforços de destaque e pode sinalizar uma importante mudança em seus planos de médio e longo prazo.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER:@inacioF1

Os reforços da equipe são do ex-Caterham e ex-Toyota Gianluca Pisanello, como novo chefe de engenharia, Luca Furbatto como seu novo chefe de design, função que desempenhava na Toro Rosso e por fim e talvez mais indicativa, a contratação do experiente e valorizado ex-chefe de engenharia da Mercedes Bob Bell, que também já foi chefe de equipe da Renault e teve passagens pela McLaren, Jordan e Benetton e que agora trabalhará na Manor como consultor.

BOBEssas contratações indicam que a equipe tem ambição de seguir no esporte e mais do que isso, evoluir no grid e deixar de ser motivo de piadas por seu fraco desempenho.

Também há quem ligue em especial a chegada de Bell à bordo como um possível indicativo de interesse da Renault numa futura parceria ou até aquisição menos dispendiosa, já que Bob é bem considerado internamente, ainda que como consultor seus vínculos possam ser mais facilmente encerrados caso viesse a ser convidado a liderar outra equipe – como a Lotus, especulado alvo da Renault, por exemplo.

De toda forma esse novo plantel técnico é um sinal auspicioso para a Fórmula 1, que assim vê uma equipe pequena claramente não se acomodando no fundão e também mostra que a Manor está preocupada com a chegada da americana Haas em 2016, pois aí teremos 11 equipes e todos sabem que só as 10 melhores colocadas conseguem o valioso transporte subsidiado para as quase 20 etapas do ano, além de receber um pouco a mais na divisão de lucros da FOM, caros privilégios que eles não querem perder.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Importantes mudanças na Manor

  1. Douglas disse:

    Você citou uma coisa bem interessante, o fato de só 10 equipes terem os transportes pagos, realmente não deixa as equipes se acomodarem no fundo do pelotão, dá as equipes algo para disputar pelo menos, 2013 a briga entre Caterham e Marussia foi aciradíssima para isso.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s