Tensão e aperto na McLaren

wpid-img_20150725_095009.jpgSem patrocinadores, sem um motor confiável, sem pilotos felizes e sem bons resultados, a A tradicional equipe McLaren ainda vai perder muito dinheiro graças a essa péssima temporada, aprofundando sua crise.

Graças ao que a equipe diz ser falhas do virginal motor Honda, que desde o início do ano avança timidamente em seu desenvolvimento a McLaren vem patinando feio na tabela de pontos, acumulando, com boa participação de sorte, diga-se, 17 magros pontos no mundial desse ano, o que dá a entender que muito provavelmente terminarão o campeonato de 2015 em um aterrador 9º lugar, distante do já decepcionante 5º do ano passado. E o que isso significa? Menos dinheiro para uma equipe que já perdeu vários patrocinadores importantes – isso se não perder outros, insatisfeitos em verem suas marcas atrelados à sucessivos fracassos e piadas.

aloButNo fim do ano o lucro da venda dos direitos de transmissão das corridas para TV´s e taxas cobradas pela realização as corridas nos autódromos mundo afora são parcialmente divididas entre as equipes (outra parte vai para a CVC), a maior parte deles tendo como base exatamente a tabela na qual estão no fundão…
Esses reiterados péssimos resultados aliás, em nada ajudam a equipe angariar novos patrocinadores, basta ver os pobres macacões brancos usados pelos campeões Fernando Alonso e Jenson Button, quase tão brancos e vazios como os da pífia Manor, única equipe atrás deles na classificação.

Com isso o clima na equipe, que já era de tensão, começa a se esgarçar, com Button cobrando publicamente um decisão sobre sua permanência, meio que dizendo que também tem mais o que fazer se eles não o quiserem mais (falam até de um programa de TV, o Top Gear). Além disso, depois da triste apresentação em Monza, onde Alonso disse com todas as letras que a falta de potência do motor os fizeram perder 3 segundos por volta nas retas, Ron Dennis teria escrito uma carta ao presidente da Honda pedindo a cabeça de Yasuhida Arai, responsável pelo projeto do motor e que prometeu melhoras que ainda não se confirmaram, mostrando que a paciência dos ingleses com a condução da parceira também está chegando ao seu limite.

Assim, me parece que algo precisa ser mudado na equipe e em sua relação com ao relacionamento com a gigante Honda, porque do jeito que está, não dá.

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Tensão e aperto na McLaren

  1. GEcKoDriver disse:

    Uma pena ver uma equipe como a McLaren, com os bons pilotos nessa situação. Confesso que gostaria de ver mais um título do Alonso, mas do jeito que a coisa anda, está ficando quase improvável.

  2. Anônimo disse:

    Esse mesmo japonês foi que publicou uma nota dizendo que não era só o motor o problema de desempenho da MCLaren. Esse projeto ao meu ver não tem solução, nasceu com problemas sérios. A McLaren está certa em pedir a cabeça “dele” e começar pensar em um novo projeto antes que seja tarde ou até a troca de fornecedora.

  3. Anchor disse:

    A Mclaren aos poucos segue o mesmo caminho da Williams depois da saída da BMW. São fases que todas as equipes passam de tempos em tempos. Pela estrutura, staff técnico e o principal, o compromisso histórico com a F1 a equipe vai dar a volta por cima.

  4. Depois que a Mercedez deixou a McLaren a coisa só degringolou!! Uma pena! Merecíamos uma Mclaren forte!!

Deixe uma resposta para Luiz Carlos Silva Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s