McLaren tem mais um patrocinador – será mesmo?

mclA McLaren anunciou hoje com toda a pompa a entrada de um novo patrocinador de logo prazo para reforçar o caixa de sua equipe. Mas será mesmo que a entrada da marca de champagne Chandon significa mais dinheiro para a equipe?

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER:@inacioF1

A resposta pode ser “não necessariamente”, uma vez que a marca de espumante francesa parece apenas substituir a de whisky escocês Johnnie Walker (repare que o lugar na pintura do carro é o mesmo), não sendo tanto uma adição e mais uma troca. Além disso, quando a marca de destilado entrou na equipe em 2005, a McLaren estava forte, sempre nas primeiras posições, amealhando vitórias e disputando o título com a Ferrari, valorizada portanto, o que pode ter ajudado a extrair um bom dinheiro do patrocinador sedento por visibilidade nos cobiçados carros cromados.

Nos dois últimos anos, entretanto, a situação é oposta: os carros da equipe não disputavam títulos há algum tempo e não vencem uma corrida desde 2012 e agora estão, via de regra, no fim do pelotão, mais aparecendo na TV quando quebram ou quando são ultrapassados por carros de equipes menores, como destaque negativo portanto, realidade essa que pode ter ajudado o novo anunciante a garantir seu espaço na carenagem do carro a um custo menor, já que devido a esses modestos resultados dos últimos anos os patrocinadores não estão exatamente fazendo fila para aparecer por lá, ao contrário, estão saindo. Entretanto o destaque da nova marca no macacão dos pilotos será maior que o da marca que sai e aí sim pode haver algum dinheiro a mais entrando ou, se seguirmos a lógica da lei da oferta e da procura – a manutenção do mesmo valor antigo só que com maior visibilidade ante ao já citado quadro de baixa dos ingleses.

Outra possibilidade ainda é que a fabricante de bebidas Diageo, dona da Johnnie Walker e importante acionista da Chandon com 34% das ações do grupo Moët & Hennessy, tenha optado por dar visibilidade a outra marca do grupo, o que mais uma vez não significaria necessariamente mais dinheiro para a equipe, já que nesse cenário também uma marca saiu para a outra entrar.

Outra marca que estaria para deixar a equipe ao fim do ano é a do banco Santander, que não aparece no carro mas ainda consta como “parceiro corporativo” no site da equipe, o que aliado à atual baixa colocação na tabela de construtores da categoria (e que define boa parte da distribuição de dinheiro da F1 para as equipes), deve ocasionar mais uma perda de caixa para os ingleses. De toda forma é positivo ver com a Chandon que a McLaren continua despertando interesse de patrocinadores apesar da má fase – certamente momentânea – que atravessa. Desejo que a equipe volte a ser forte o quanto antes!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para McLaren tem mais um patrocinador – será mesmo?

  1. Bruno Faser disse:

    *não vencem uma corrida desde 2012* poxa, tanto esse site quanto a pagina do facebook estão deixando a desejar com o tanto de informação errada

  2. Ailton disse:

    A cara do Ron Dennis diz tudo…

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s