Williams, expectativa e pressão

image

A Williams, através de seus dirigentes, fez declarações bastante positivas e até otimistas sobre seu carro de 2016.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER:@inacioF1

Rob Smedley e Pat Symonds disseram em algumas entrevistas recentes que a evolução do carro 2016 em relação ao anterior é bem grande, sobretudo aerodinâmicamente e tudo isso é muito positivo pois está claro que para permanecer como terceira força no grid ou quem sabe até ascender para segunda, precisam dar um salto maior do que sua dura concorrência.

Por outro lado também pode ser perigoso ao criar expectativas mais elevadas que podem não ser correspondidas na pista, situação pela qual a própria Williams já passou em 2011 e 2013 quando acreditavam ter um carro melhor do que de fato tinham e pastaram.

Honestamente não creio num fiasco da Williams, longe disso, acredito mesmo que eles deverão ser competitivos, mas a verdade é que seus oponentes principais, Mercedes, Ferrari, Red Bull e até McLaren, tem mais dinheiro para projetar e desenvolver seus carros, então a pressão interna para que a Williams consiga extrair mais gastando menos é muito grande e fator decisivo para o sucesso dela será (ou foi, já que o FW38 a essas alturas está pronto) conseguir focar nas áreas certas, já que não podem se dar ao luxo de pegar um caminho errado.

O fato deles assumirem de forma mais aberta esse risco de criar expectativas mostra como parecem de fato estar “pensando grande” e buscando maior protagonismo, o que me agrada mais do que previsões modestas e sem sal sobre apenas marcar pontos, como figurantes assumidos. Depois disso o ideal para a Williams seria conseguir um novo fornecedor de motores, um que não tenha equipe própria para a qual sempre vai puxar a sardinha na hora de projetá-lo e configurá-lo, mas isso já é um assunto para outra coluna, quando a equipe estiver mais solidamente restabelecida como candidata real à vitórias.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

17 respostas para Williams, expectativa e pressão

  1. LenneF1 disse:

    o lance é saber usar a grana que tem.. um exemplo disso é a ferrari.. é a mais rica do grid e não consegue ficar no topo na pista! A Brawn é um exemplo oposto a ferrari, foi eficiente com poucos gastos.. sem mais.

    • Israel David disse:

      Errado. O Brawn GP 01 demorou para ser projetado pela HONDA e custou rios de dinheiro. Para quem não lembra a Honda entregou a Equipe de mão beijada para o Ross Brawn e este conseguiu um acordo para usar os motores Mercedes e o resto é história. Ross Brawn pode até ter levado a equipe sem gastar muito, mas o carro custou uma fortuna pra HONDA.

    • Marcos Paulo disse:

      A Honda começou a desenvolver o carro no meio do 2008. E com informações privilegiadas do tio Brawn. Pra mim quem fez um carro bom com pouca grana foi a Lotus na época do Kimi. Não pra ser campeã, mas para vencer corridas.

    • Raul disse:

      A Brawn conseguiu aprovar um artifício aerodinâmico proibido, graças a amizade de Brawn com a FIA, com isto pegou todo mundo desprevenido. O difusor da Brawn sempre foi proibido, menos em 2009. O carro ganhou 1 segundo por volta.

  2. LenneF1 disse:

    Esta mais que na cara, que se eles continuarem nessa ideia de fazer um carro só bom de reta eles irão ficar pra trás no campeonato.. a red bull não tinha motor, mas sempre teve boa pressão aerodinâmica.. a linha de pensamento da williams é meio grosseira quando a isso, ou eles não tem capacidade para criar um bom carro e assim só usam a seu favor o bo motor que tem, e nada mais…

  3. Olha eu como antiga Ferrarista, fiquei empolgado pelo ano passado, espero que eles melhore, torço muito pela Williams e McLaren, elas merecem voltar ao trono, esse ano duvido que seja um salto de competitividade comparado a ano passado, também duvido muito da Williams comparado a ano passado, erraram e erraram feio, mas essa evolução gradativa já dá um animo no esporte, espero mesmo são as mudanças drásticas de 2017.

  4. Marcos Paulo disse:

    A Williams não vai ganhar nada enquanto o não for equipe principal de uma fabricante de motores (ou até mudar o regulamento)

  5. fabiojpinho disse:

    Sinceramente? Não acho que eles diriam coisas do tipo que estão falando por simples achismo ou mero otimismo.

    Acredito que eles virão com algo inovador no carro deste ano (desde que seja considerado legal pela FIA), algum componente que será o “pulo do gato”, como ocorreu em 1992 (suspensão ativa com a própria Williams), 2005-2006 (o uso perfeito dos pneus Michelin pelo chassi da Renault, encerrando a era Ferrari /Schumacher), 2009 (Brawn GP com o difusor duplo) e 2010-2013 (escapamento soprado da Red Bull).

    Hoje mesmo li que eles sabem que precisam ter um carro melhor que o da Mercedes para poder vencê-los, mesmo que tenham um motor mais “defasado” que a matriz.

    E, ainda, lembraram até do domínio da McLaren/Honda/Senna que foi pulverizada por eles.

    É esperar para ver.

  6. Eduardo disse:

    Acredito que seja uma boa evolução mesmo, até porque abandonaram o desenvolvimento do carro de 2015 bem cedo.

  7. Marcell disse:

    Zé, poderia dar uma luz quanto a esse assunto? Essa é uma dúvida que eu já havia trazido a tona em outro post.
    “Tem um coisa que eu não entendi ainda; Esses motores Renault (Rebatizados de Tag Heuer que a Red Bull irá receber) Eles serão iguais aos que a equipe de fabrica terá… E dai os mesmos poderão ser alterados, contando os tokens disponíveis que cada montadora tem? Ou serão unidades do final de 2015 que serão disponibilizadas para a RBR e ela será responsável pelo desenvolvimento? Dizia se que o Mario Illen iria cuidar da preparação dessas unidades para a Red Bull, mas a Renault contratou ele para trabalhar na fabrica. Confesso que ficou meio bagunçado esse assunto.

    • José Inácio disse:

      Teoricamente são os mesmos da equipe Renault sim. Falou-se em um desenvolvimento independente, mas o possível grande responsável por esse desenvolvimento da Red Bull, o Mario Ilien da Ilmor, foi contratado pela própria Renault, então creio que não serão diferentes, mas nada foi dito oficialmente sobre esse assunto.

      Abs!

  8. anônimo disse:

    espera sentado que tu vai ter resposta.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s