Williams 2016 – análise inicial

image

Hoje a Williams divulgou duas imagens do seu novo carro de 2016, o FW38, com o qual Felipe Massa e Valtteri Bottas vão tentar, uma vez mais, devolver a Williams ao seleto clube das equipes que vencem GP´s, algo que não ocorre desde o circunstancial triunfo no GP da Espanha de 2012.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER:@inacioF1

Essa missão não é nada fácil, pois seus concorrentes diretos tem mais do que o dobro do seu orçamento para produzir seus carros, mas isso não os impede de explorar suas próprias possibilidades de acerto. Nesse campo, uma das principais novidades que se visualiza nas duas únicas fotos disponíveis, é na nova geometria da suspensão dianteira, menos radical e inclinada que a vista em 2015 e que seria – junto com o pouco apoio aerodinâmico na traseira, um dos fatores que dificultava a vida da equipe em pistas mais lentas.

image

Apertando bem os olhos podemos ver outras diferenças nas laterais do assoalho, nas entradas de ar laterais, agora mais arredondadas e com a parte inferior mais elevada e por fim na traseira do carro, que segue compacte mas foi reprojetada num conceito mais semelhantes ao do modelo campeão da rival Mercedes, quem sabe em busca da redução de arrasto aerodinâmico, um grande trunfo do carro branco e azul em 2014 – que lhes dava a melhor velocidade em reta do grid – mas que não se repetiu em 2015, sem que essa perda tenha sido compensada por alguma melhora em outro campo.

De toda a forma tenho grande convicção que ainda veremos várias outras novidades nesse carro até o GP da Austrália, como por exemplo no bico e asa dianteira, que são exatamente os mesmos do modelo do ano passado e que devem mudar um pouco para algo mais parecido com o que a Ferrari mostrou esse hoje e a Red Bull e Toro Rosso usaram em 2015 e que deve se tornar um feio padrão no grid dessa temporada.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Williams 2016 – análise inicial

  1. Adriano disse:

    Esse bico não sera que vai corre temporada 2016 Williams nao vai entrega ouro ate primeira etapa teremos surpresa mudança se Williams conseguir diminuir arrasto bicho vai pegar

  2. Arquimedes disse:

    A Williams só precisa reduzir o arrasto aerodinâmico em retas como em 2014 e trabalhar melhor a velocidade em curvas de de baixa e médias velocidades, nem precisa ser a melhor neste último quesito, apenas estar mais próxima da Ferrari; RBR e Mercedes, feito isso dará muito trabalho às rivais.

  3. Marcell disse:

    Fontes dizem que existe um novo pacote para ser testado na ultima semana de testes (Para que enfim, a versão final do FW38 estreie em Melbourne)

    Esse novo pacote constitui Asas e um bico novo.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s