A saída de Massa (e o mercado)

massaFelipe Massa anunciou recentemente sua aposentadoria da Fórmula 1, faltando 8 corridas para o fim da temporada, bem quando as negociações de pilotos e equipes estão no ápice e isso, claro, tem repercussões.

Primeiro, sobre a saída de Massa sem si. Ele teve uma carreira vitoriosa, com 11 corridas vencidas, 41 pódios no total e um vice campeonato que por muito, muito pouco não foi campeonato mesmo. Merecia tanto quanto Hamilton, mas quis o destino, bem na última curva, que o inglês fosse o campeão. Felipe sai de cabeça erguida por sua bela carreira, a despeito dos últimos anos onde a falta de resultados mais espetaculares junto ao exigente e emotivo público brasileiro, o deixaram um pouco em baixa nas inclementes mídias sociais.

Outro aspecto de sua saída, e nesse por mais que eu respeite sua visão eu discordo um pouco, é continuar culpando exclusivamente a presepada da Renault e especialmente Nelsinho Piquet no Singapuragate pela perda do séu título em 2008. Lembro muito bem quando, por exemplo, ele rodou sozinho no GP da Malásia e ficou atolado na brita quando estava com um pódio bem encaminhado. Só nisso já garantiria os pontos para chegar na disputa final com Hamilton com vantagem suficiente para não perder o título com o lance da última volta, ou seja, não é justo colocar a culpa apenas no golpe de Nelsinho, Alonso e Briatore.

Com essa ressalva à parte – e que em nada diminui os feitos do brasileiro – o fato é que ele vai encerrar sua carreira após completar 250GP’s (será que vai tirar um ano sabático, vai tentar a WEC, a Stock-Car? Aguardemos) e seu assento na Williams estará vago. E quem poderia ir para lá?

Muito já se falou de Jenson Button, que continua cotado mas pelo que se comenta talvez um pouco menos, pois ele ganha muito bem na McLaren e mesmo que abra mão de boa parte desses valores, ainda significaria uma despesa para a equipe de Grove, que sempre precisa ganhar dinheiro e não gastá-lo, especialmente agora que perdeu o 4º lugar no campeonato de construtores para a rival Force Índia, o que implicações diretas no quanto receberão de Bernie Ecclestone no fim do ano. Portanto Button descartado? Claro que não, ele ainda é competitivo (Alonso hoje encheu a bola dele como “provavelmente o melhor companheiro com quem já trabalhei”) e tem o peso de ser campeão, mas pode não ser o que a Williams precisa agora.

Com isso em mente, pilotos com talento e dinheiro poderiam ser bem vindos por lá e aí 3 nomes tem sido ventilados: O primeiro é Sérgio Perez, que vem de mais uma bela temporada na Force Índia e conta com os patrocinadores mexicanos de Carlos Slim, mas para esse não vejo muita vantagem a troca: seria andar de lado, apenas trocando uma equipe média por outra. Ele está mesmo é de olho na vaga de Palmer na Renault, então não creio muito em Perez na Williams, ainda que seja possível.

Aí o nome de Felipe Nasr, que tem boa relação com a equipe, uma vez que foi piloto de testes em 2014 e agradou a todos, entra no jogo. Ele ainda teria bem vindos 2 anos de experiência com a Sauber e o dinheiro do Banco do Brasil (e isso imaginamos que tenha para 2017, mas de fato não sabemos e o valor exato), mas com o defasado carro da Sauber ele não está exatamente numa fase brilhante, mesmo em comparação à seu companheiro Ericsson, o que pode não ajudar muito nessa disputa. Está na luta, mas também negocia com Renault e com a própria equipe suíça, que agora com o dinheiro dos novos donos está contratando para sua equipe técnica.
massa StockPor fim aparece o novato canadense Lance Stroll, que terá 18 anos em 2017 e está indo muito bem na F3 europeia, liderando o campeonato e cujo pai bilionário adora automobilismo e o quer na Formula 1. Mas será que a equipe está disposta a apostar em um piloto tão verde de cara?

Enfim, é assim que vejo a situação no momento.

Voltando a Felipe Massa, tenho certeza que ele será feliz fora da Fórmula 1 e bem sucedido em outras pistas, inclusive brasileiras, se assim o desejar, como seu amigo Rubens Barrichello pode muito bem testemunhar, pois convites não hão de faltar!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

8 respostas para A saída de Massa (e o mercado)

  1. Anônimo disse:

    Só uma coisa, rodar é coisa de corrida, já o que o Nelsinho fez é maracutaia, então não dá muito para comprar uma coisa com outra

  2. Só uma coisa, rodar é coisa de corrida, já o que o Nelsinho fez é maracutaia, então não dá muito para comprar uma coisa com outra, senão o Senna não poderia fazer o mesmo sobre 89

    • José Inácio disse:

      Sim, coisa de corrida, mas ainda assim algo que também definiu o título e é isso que reforço: não foi SÓ a maracutaia que decidiu tudo (nem só essa rodada)…

      • Anderson Rodrigo disse:

        Lembrando que aconteceu a controversa puniçao ao hamilton na bélgica,ao meu ver injusta pois ganhou a corrida no braço e na pista, e quem se beneficiou foi o massa, e teve a batida do massa no hamilton no japão q atrapalhou a corrida do ingles, sem falar nas inumeras rodadas do massa em silverstone na chuva, e mesmo o defeito da mangueira iria acontecer d qualquer maneira, nelsinho briatore e renault não afetaram a mangueira de combustivel da ferrari….to com vc josé inacio, nao da pra colocar a culpa de nao ser campeao no nelsinho e renault…

  3. caio murilo disse:

    sinceramente todo mundo fala bem de nars,,, mas acho que ele ta devendo,,,, em corrida ele é um pouco mais consistente que ericsson,,,mas em treino é pau a pau,e a diferença é pequena, ,,,,então se ericsson é visto como mea boca,,nars n pode ser esse talento todo,,,vejo ele com muita dificuldade em se adaptar ao carro,,,, lembra até massa,,, quanto ele sair da formula 01,,, acho improvavel,, pois bernie n iria ficar sem um brasileiro,,,iria entrar o dedo dele ai,,,nos vamos saber se ele ta em alta ,,,se mudar de equipe,,,, pois se continuar na sauber é porque outras fecharam as portas,,,,,eu gostaria de mudar meu conceito e torço por isso.

  4. joaodoamor disse:

    acabou agora o treino classificatorio,e massa deu aquela velha desculpa.

  5. Anônimo disse:

    Massa não é piloto para liderar uma equipe e ser campeão

  6. Anônimo disse:

    Fonte segura dá como confirmado a contratação de F. Nars pela Renault, só que graças a uma mãozinha do governo Brasileiro.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s