Análise equipe por equipe do GP de 70 anos – Silverstone

Class.jpgJá que voltei com o blog e as análises, vou voltar com mais esse formato que os leitores gostavam, a análise equipe por equipe pós GP’s, que tal? Aqui vamos nós!

RED BULL: Arriscando uma estratégia diferente, a equipe conseguiu dar na Mercedes um grande golpe e levou a vitória. Mérito dos estrategistas, do carro que consumia menos pneus do que a rival direta e de Verstappen, claro, que foi impecável. Albon fez uma bela corrida de recuperação, como tem se tornado hábito, mas sempre devido à suas qualificações e/ou largadas ruins e enquanto seu companheiro levou a taça maior, ele segue sem pódios. Ele tem que elevar seu jogo desde as classificações, senão segue fadado a remar de trás.

MERCEDES: Não esperavam essa da Red Bull, claro. Não sei pq não arriscaram isso com ao menos um de seus pilotos no sábado. Quando resolveram parar Bottas, para sua insatisfação, foi de repente, não o avisando para acelerar mais, o que facilitou o undercut de Max e também indiretamente a aproximação e ultrapassagem de Hamilton, que também fez o que pode com um carro que comia pneus e assim amplia sua liderança no campeonato.

FERRARI: Leclerc fez um notável papel em economizar pneus – foi o que ficou mais tempo com um mesmo jogo – e assim conseguiu mais um sólido quarto lugar, considerando o carro que tem. Vettel não se achou novamente, rodou, remou, reclamou e terminou fora dos pontos. Sua situação na Ferrari é cada vez mais delicada, com ele sutilmente levantando suspeição quanto ao tratamento/equipamento que recebe e por consequência dos resultados que obtém. Farei um post sobre ele essa semana.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no Twitter: @inacioF1 !

RACING POINT: Como sempre, não repetiram na corrida o bom ritmo das classificações. Hulk foi superado por Max na largada e seguiu comboiado por Stroll até quase ao fim, quando foi chamado para trocar os pneus depois de, alegadamente, reclamar de vibrações. Pode ser real, mas também pode ser que a equipe deu um jeito de inverter as posições para beneficiar seu piloto titular (causalmente filho do dono) ante a um piloto tampão que não vai seguir na equipe.

RENAULT: Outra equipe que não consegue repetir em corrida o ritmo das classificações. Dentro dessa realidade, Ricciardo fazia seu papel, quando rodou sozinho numa disputa com Norris – sem toque – e saiu da disputa por pontos. Ocon, por outro lado fez um bom trabalho em sentido contrário, saindo de uma posição fora da zona de pontos para marcar mais 4 para os franceses, mostrando mais um passo evolutivo.

McLAREN: Não tinham um grande carro para essa corrida desde a classificação, nesses pneus e com isso Norris marcou magros 2 pontinhos ao passo que Sainz, prejudicado por um pit-stop ruim, sequer entrou na zona de pontos. A verdade é que salvo brilhos ocasionais a equipe não demonstra ter um carro tão bom assim, ao menos por enquanto.

ALPHA TAURI: Gasly perdeu posições, Kviat ganhou e com isso dessa vez foi vez do russo pontuar. Ele está precisando, pois seu lugar não etá tão firme assim para o ano que vem, apoio russo à parte. Gasly foi prejudicado por uma estratégia errada da equipe, como Franz Tost admitiu, aí ficou difícil.

ALFA ROMEO: O carro está uma draga, em parte por causa da falta de potência do motor Ferrari, mas também porque sem um orçamento mais robusto, praticamente só atualizaram o carro do ano passado, que não era grande coisa, especialmente comparado à evolução dos rivais. Kimi e Giovanazzi fizerem o que puderam.

HAAS: Grosjean ficou apagado grande parte da corrida e Magnussen, quando apareceu, foi como destaque negativo por voltar para cima de Latifi  com tudo depois de uma espalhada. Foi punido e abandonou. Outra equipe que evoluiu pouco e é prejudicada pela falta de potência dos motores Ferrari.

WILLIAMS: O que Russell consegue fazer na classificação, a realidade do carro derruba na corrida. Se o ritmo de corrida deles não é bom, ao menos mantem-se no bolo da tristeza com Haas e Alfa Romeo. Dentro dessa realidade, Latifi fazia uma boa corrida e estava feliz com o carro, mas teve que fazer uma terceira parada não programada pois teve problemas com o pneu traseiro esquerdo.

E que venha Barcelona, já essa semana! Abaixo seguem as tabelas atualizadas dos campeonatos de construtores e pilotos após a quinta etapa:

class2class1.jpg

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s