Na pista de Monza com asa zero!

Lá pelo ano de 1997, último com o os carros 20 cm mais largos, algumas equipes radicalizaram no alívio aerodinâmico em seus acertos de pista para enfrentar as longas retas de Monza.

Em tempos ainda sem DRS/asa móvel, algumas chegaram a usar inclinação praticamente zero em suas asas traseiras e dianteiras, um recurso que se lhes dava muita velocidade nas retas, por outro lado deixava os carros bem menos dóceis no contorno das curvas.

Essa aposta arriscada nos brindou com essas imagens que trouxe: Jean Alesi conseguindo controlar sua Benetton-Renault no contorno da zebra da Variante de Rettifilio com uma asa traseira no melhor estilo prateleira de livros.

Outra é essa ao lado, de Jan Magnussen (pai de Kevin, hoje na Haas) passeando com sua Stewart-Ford na grama e abaixo vemos Ukyo Katayama lutando para controlar a sua já avariada Minardi-Hart, o carro com menos inclinação de asa, inclusive dianteira, da trica.

Atualmente mesmo as equipes que arriscam tirar mais asa traseira, ainda mantém alguma inclinação para ter maior controle nas curvas, pois sabem que contam com o DRS. Mas mesmo esse recurso aqui em Monza é menos funcional, pois quanto menor a asa, menor também será a diferença entre o DRS aberto ou fechado nas retas.

Além do mais, como os carros atuais são muito grandes e cheios de aletas, asinhas, bargeboards complexos etc e o arrasto aerodinâmico também cresceu, tornando o vácuo do carro da frente um recurso ainda mais valorizado nas retas, mas perigoso nas curvas, onde o carro de trás não consegue acompanhar – por isso vemos aquela lenta fila de carros em que ninguém parece querer tomar a iniciativa de liderar, de cara para o vento sem essa ajuda, antes de abrir uma volta rápida nas classificações, por exemplo. Clique nas imagens para ampliá-las!

ALONSO JÁ ESTÁ FATURANDO COM AS CORES DA RENAULT

MONZA TERÁ TROFÉU COM MATERIAL INUSITADO


FIM DE UMA ERA: FAMÍLIA WILLIAMS SE DESPEDE DA EQUIPE


CONHEÇA AS CASAS DOS PILOTOS DA FÓRMULA 1

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Na pista de Monza com asa zero!

  1. Pingback: Análise “quem ganhou, quem perdeu” da classificação do GP da Itália 2020 | JOSEINACIO.COM

  2. Pingback: Claire Williams ganha presente | JOSEINACIO.COM

  3. Pingback: McLaren é a primeira a testar novo assoalho menor de 2021 | JOSEINACIO.COM

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s