Balanço “equipe por equipe” do GP da Rússia 2020

E num GP da Rússia normalmente não tão interessante, tivemos alguns momentos interessantes. Vamos ver agora como foi essa corrida para cada uma das dez equipes da Fórmula 1:

MERCEDES: Mais uma vez com o melhor carro, Hamilton errou e foi punido por simular largada no lugar errado antes de alinhar no grid. a punição foi dupla por simular largada num lugar proibido e por não manter velocidade constante na saída dos boxes. A punição, aliás, teria sido vazada pelo comissário da FIA Mika Salo para a TV finlandesa antes da oficialização, o que é grave e deve ser averiguado.

Diante disso e de já ter largado com os pneus “errados”, graças ao seu erro na classificação, Hamilton chegou num modesto terceiro lugar, sem nenhum brilho e Bottas capitalizou o escorregão do rival e sem cometer erro algum venceu, como era sua obrigação com o equipamento que tem, mandando seus críticos “se f*#@&%” pelo rádio, ao meu ver um exagero, pois sua vitória foi circunstancial, longe de um desempenho monumental, passando adversários por fora de embasbacar e calar seus críticos.

Com isso o recorde de vitórias Schumacher permanece intocado até Nurburgring, terra do alemão.

RED BULL: A equipe não esteve tão bem nessa etapa, talvez porque o calor da pista não tenha ajudado muito no acerto com os pneus. Verstappen nunca teve o mesmo ritmo de Bottas e também foi beneficiado pelo tropeço de Hamilton. Albon voltou ao desempenho opaco que não lhe faz grandes favores ao marcar um mísero ponto.

RACING POINT: O toque de Leclerc que tirou Stroll da corrida foi considerado acidente de corrida. Interessante que a FIA não considerou o mesmo quando Hamilton fez movimento idêntico em Albon no GP Brasil de 2019. Perez, mesmo com o pacote aerodinâmico antigo, chegou num ótimo quarto lugar, mostrando o grande valor que tem e que há de garanti-lo no grid ano que vem.

RENAULT: Ricciardo conseguiu um bom quinto lugar com seu carro, mas interessante como nem conseguiu ameaçar Perez. Apesar da punição de 5 segundos, conseguiu manter o posto pois abriu distância maior que essa para Leclerc. Albon abriu para o australiano passar e beneficiou sua equipe, mas me causou estranheza como ele não consegui chegar em Leclerc, com um carro sabidamente inferior e ainda quase foi passado por Kvyat na última volta, num resultado que o empalidece ante ao do companheiro.

FERRARI: Leclerc foi, ao meu ver, claramente beneficiado com uma visão leniente da FIA para o seu toque em Stroll. Deveria ter recebido punição de 5 segundos e a cumprido nos boxes, mas escapou da punição, como já escapou, por exemplo, por dirigir 2 voltas com os cintos de segurança soltos na Áustria. De toda forma, o sexto lugar foi um grande resultado que dá à equipe um respiro na tabela de pontos, pois a Alpha Tauri estava cada vez mais próxima. O desempenho raquítico de Vettel, que diante do aparente pouco interesse da equipe em lhe entregar um carro mais ao seu gosto (isto é, com uma traseira mais estável) parece estar com a cabeça focando em 2021, é de dar dó. Ele não desaprendeu à guiar, mas não sei se está muito preocupado com seu desempenho esse ano.

ALPHA TAURI: Kvyat, virtualmente dispensado para o ano que vem, conseguiu superar o celebrado Gasly na pista e por muito pouco não deu o bote em Ocon também, mostrando a evolução da equipe em relação ao fundão onde estavam no começo do ano e dele mesmo, que se não faz os olhos brilharem, tem sido regular em desempenhos bons e honestos.

ALFA ROMEO: Prejudicado pelo seu erro no Q1, Kimi largou em último e arriscou uma tática de também ser o último a parar para trocar os pneus. Com isso superou uma McLaren, mas não foi aos pontos nem conseguiu passar Vettel. Aliás, segundo o jornal suíço Blick, Kimi deve anunciar em breve que segue na equipe em 2021, mas o piloto nega que já tenha assinado. Giovinazzi, numa boa apresentação chegou 3 posições à frente, mostrando que como Kvyat é um virtual dispensado que também sabe capitalizar das oportunidades que aparecem, quando não erra.

HAAS: O desempenho de Magnussen deu alguma visibilidade aos carros americanos na transmissão. O dinamarquês é bom, aguerrido e faz o que pode com o carro limitado que tem. Grosjean na tabela de pontos ficou apagado.

McLAREN: Uma corrida para esquecer da tradicional equipe inglesa. Com carros não bem ajustados à pista, Sainz passou reto na primeira curva e no caminho de voltar à pista, errou os cálculos e acertou o muro com tudo, ainda querendo culpar o “desenho errado” da barreira, que está lá desde 2014… Segunda corrida seguida que o espanhol não termina (e pontua). Norris teve um desempenho fraquíssimo graças à estratégia que o colocou numa disputa no fim do pelotão com Albon e Russell, mas que sem parar quase até o fim da corrida, se viu com pneus velhos e foi sendo passado pelos outros e relegado ao esquecimento. Com isso a Racing Point encosta no cangote na tabela de pontos.

WILLIAMS: É aquela velha história: Em ritmo de corrida o carro é ainda pior que em classificação. O momento de brilho para Russell foi a circunstancial disputa com Albon e Norris no começo da corrida e da foto acima, que rendeu belos lances mas que logo acabou diante da disparidade de equipamentos. Latifi, quietinho e sem cometer erros, parou uma vez a menos e chegou à duas posições menos piores que a do inglês.

Abaixo seguem as tabelas da classificação final da corrida e dos pontos dos campeonatos de construtores e pilotos:

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Balanço “equipe por equipe” do GP da Rússia 2020

  1. Pingback: Clube de donos de Ferraris de Fórmula 1 | JOSEINACIO.COM

  2. Caio Tácito Jr. disse:

    Lamentável na corrida foi a punição ao Lewis da Mercedes que, indubitavelmente, foi vítima de racismo (rigor na punição por ser negro)

  3. Pingback: “Ultimo volante de Ayrton Senna” à venda | JOSEINACIO.COM

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s