Hamilton = Senna + Piquet + Fittipaldi + Barrichello + Massa + Pace?

Ao atingir 94 vitórias de uma escrita que parece longe de estar no fim, Lewis Hamilton se aproxima de igualar e provavelmente superar a marca de 101 vitórias e 8 títulos brasileiros na Fórmula 1. Isso dá a dimensão do tamanho dos números de Lewis Hamilton na história do automobilismo mundial.

Dos 31 pilotos brasileiros a competir na Fórmula 1, apenas 5 venceram corridas: Foram 41 triunfos de Senna, 23 de Piquet, 14 de Emerson, 11 de Barrichello, mais 11 de Massa e 1 de José Carlos Pace.

Claro, a Fórmula 1 mudou bastante e equipes tem conseguido emendar eras de dominação cada vez mais longas, com 5 da Ferrari no início dos anos 2000, 4 da Red Bull no início dos anos 2010 e sobretudo a Mercedes nos últimos 7 anos, o que ajuda a elevar os números de um piloto dominante, mas tem isso: ele tem que ser um piloto dominante e Lewis tem sido de forma impecável, mérito dele e da equipe que funcionam juntos em total sinergia e foco.

Mas não é só no número de vitórias que Lewis impressiona. Se ele seguir nessa proporção impressionante de dominação em 2021, poderá amplificar outros números de sua carreira e encostar em outros da soma de todos os pilotos brasileiros, como títulos ainda que em outros ele siga mais distante.

Há alguns números que evidenciam como uma comparação simplista e sem contextualização histórica como essa pode ser injusta e criar distorções, como por exemplo o item pontos marcados, visto que hoje os 10 primeiros pontuam, o vencedor marca 25 pontos e ainda há 1 ponto extra pela volta mais rápida, tudo em campeonatos com mais corridas por ano – em 2021 devemos ter 23 GP’s!

Nos tempos de Senna, Piquet e Emerson os carros quebravam muito mais, só os 6 primeiros pontuavam e os vencedores marcavam apenas 9 ou 10 pontos, tudo em campeonatos com bem menos eventos – aproximadamente 15 corridas por ano.

Mas há também um número que Hamilton ainda não bateu Schumacher, o de voltas rápidas: 53 contra 77 do alemão. Só para seguir essa comparação meramente ilustrativa, reiterando que é uma comparação apenas ilustrativa, simples e sem analisar os diferentes contextos históricos e não tem intenção de entrar no mérito de se um piloto é melhor que outro.

Vamos ver como a carreira dele se compara à outras somas da nossa história nas pistas da categoria, apenas com os números frios:

ANÁLISE “EQUIPE-POR-EQUIPE” DO GP DA TURQUIA

A JOGADA DE MESTRE DA TV GLOBO

OS 24 CARROS VOADORES (LITERALMENTE!) DA F1

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Hamilton = Senna + Piquet + Fittipaldi + Barrichello + Massa + Pace?

  1. Pingback: Porque há menos ultrapassagens naturais? | JOSEINACIO.COM

  2. Pingback: Mercedes não vai mais fornecer Safety/medical cars para a F1? | JOSEINACIO.COM

  3. leifranco disse:

    Bacana. Logo o Hamilton supera o Brasil.

  4. Pingback: O ano que Senna abriu mão de usar seu famoso boné | JOSEINACIO.COM

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s