O futuro de Jenson Button

Jenson ButtonJenson Button, o piloto mais experiente do atual grid da Fórmula 1 com 261 GP´s no bolso, 1 título mundial, 15 vitórias e 50 pódios conquistados, vive uma situação nada agradável: Ele é o virtual piloto dispensado da equipe McLaren para a próxima temporada após 5 anos de bons serviços por lá.

Ron Dennis e Eric Boullier dizem abertamente que “poderão mudar os pilotos” para 2015 e é sabido que estão oferecendo caminhões de dinheiro para que Fernando Alonso, Sebastian Vettel ou Lewis Hamilton se mudem para lá para liderar a equipe na reestreia dos motores Honda.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

E porque não querem o bom Button? Porque querem alguém excelente, pois não enxergam em Button as qualidades (motivação e velocidade) que querem nesse novo projeto. Button não é como Fernando Alonso, por exemplo, que sempre extrai o máximo de um carro, mesmo quando está claro que lutar pelo título, vitórias ou mesmo pódios não se mostra possível, como tem feito nos últimos anos.

Além disso era esperado que, por sua larga experiência, estaria apresentando resultados mais vistosos comparado aos do estreante Kevin Magnussen, o que não tem ocorrido, o que além de esbarrar em sua velocidade não tão “exuberante”, poderia ter também um pé na falta de motivação, seja por não contar pelo segundo ano seguindo com um carro competitivo, seja por talvez já estar perdendo a empolgação após 15 anos nessa estrada.

vettel-mclarenOcorre que a McLaren, por mais estruturada, rica e promissora que seja com a nova parceria com os japoneses, também não está na sua melhor fase e nem dá certezas que será vencedora no ano que vem, o que não ajuda nessa busca por um piloto “top” para a vaga do inglês, que assim vê seu nome ser desprestigiado publicamente, pois sua continuidade só se daria em não havendo piloto melhor disponível  – lembrando que além da trinca desejada que já mencionei acima, segundo se comenta, Hulkenberg, GrosjeanBottas e até o novato Vandoorne, da GP2, seriam opções secundárias que a equipe consideraria para a vaga.

Com isso em tela Button certamente já começa a considerar negociar com outras equipes, se é que já não o faz, ou mesmo se aposentar, como já revelou publicamente, caso as vagas disponíveis não sejam das melhores, lembrando que as 5 equipes grandes – Mercedes, Red Bull, Williams, Ferrari além da própria McLaren – já parecem definidas (exceto, claro, se um da trinca quebrar seus atuais contratos, o que embaralharia o mercado inteiro ou talvez ainda, numa troca com Bottas na Williams no por enquanto improvável cenário do finlandês ir para o seu lugar).

As demais equipes médias estão apertadas financeiramente e costumam querer dinheiro de seus pilotos, algo que um campeão mundial que hoje recebe bons milhões em salário não se submeteria, sobretudo porque estaria em carros potencialmente ainda menos competitivos que o seu atual, num passo atrás numa carreira vitoriosa que não precisa disso.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

14 respostas para O futuro de Jenson Button

  1. Anônimo disse:

    Eh, o Button nao eh o Alonso…pra mim nunca fez nada espetacular…

  2. henrik disse:

    E o exemplo de bom piloto ,um Berger com titulo talvez, mas realmente ja deu o que tinha que dar, seria melhor se aposentar e sair por cima… No caso da Maclaren , Alonso sem dúvida, é só arrumar as intrigas com o Ron…

  3. Alixandro disse:

    Eu ainda não acho que o Button queimou tudo q tinha. Além disso, a Fórmula 1 deixou de ser a categoria dos grandes pilotos para ser “uma categoria que engana os trouxas” e no caso, estes somos nós. Pilotos fazem meia-duzia de corridas e já dão como certo que é o cara ou pilotos são chamados de gênios por terem um ótimo carro e hj amargam péssimos resultados comparados com o seu nível.
    Eu vejo o Button assim como o Raikkonen… campinou mto para conseguir um título oriundo de situações bem específicas. Nunca me empolgaram, mas em um meio tão pífio como a F-1 tem sido, ele se destaca e traz bons resultados para casa.
    Sei que não voltará mas queria ter a época em que o piloto era mecânico/designer/engenheiro e entendia tudo do carro como um Piquet e um Lauda e não esses meninos de vídeo-game da nova geração, com mto dinheiro para investir e bons empresários.

    • Guina disse:

      É bom lembrar meu caro ALIXANDRO, que quem engrandece esses pilotos novatos que correm meia dúzia de GP`s como vc disse,são os péssimos narradores como Galvão Bueno e sua trupe global e a mídia que tá sedenta por um novo SENNA ou SHUMI e acabam ‘endeusando’ qualquer um. Menos nós amantes desse esporte. To contigo.

      • Alixandro disse:

        Também acredito nisso! Não lembro onde li (se foi o caro José Inácio ou o Livio da Uol ou outros especialistas de corrida), mas um comentario interessante era a respeito da TV brasileira, no caso a Globo, ter exagerado demais em criar mitos e não ter cultivado o gosto por F-1 no público brasileiro. Ela teve até sorte pq tivemos o Emerson (poderia ter sido muito mais que um mero bicampeão), em seguida o Piquet (com seus altos e baixos) e o Senna (no comments, dói o coração lembrar). Contudo, com o Rubinho que eu considero um super piloto a la antiga e q infelizmente foi ser parceiro de equipe do Schumi, aí a vaca foi pro brejo. Em seguida, tivemos como destaque, o Massa (trainee do Schumi). Já o Senninha fez uma melancólica carreira (tinha muito talento mas pouca gente deu valor), Di Grassi (outro talentoso) entre outros como até o lendário Ricardo Rosset e o Riquinho Diniz, caso voltemos aos anos 90.
        As pessoas querem ver F-1 no Brasil pelas vitórias como se fosse futebol ou vôlei. Eles não entendem o contexto da corrida e treino e menos ainda os carros. Uma pena imensa o qual culpo a Globo por isso.
        A F-1 é e sempre foi uma categoria de elite, ou seja, ela exige que o seu telespectador seja muito mais do que um mero patriota ou nacionalista. Ela quer uma turma q ame corridas, carros, mecânica e aerodinâmica(apesar de isto ser praticamente nulo), além da vida agitada com treinos e corridas em horários diversos, ou seja, a F-1 não é qualquer joguinho. É um mundo enorme.

  4. Pingback: Última corrida da Fórmula Indy 2014 | JOSEINACIO.COM

  5. Farid Salim Junior disse:

    Com carro bom, qualquer piloto fica bom e rápido – lembrem-se de Vettel – mas, com essas porcarias que guiam hoje, fica difícil estabelecer diferenciais entre pilotos. apenas se diferenciam entre os que são “Pilotos de video games” e os bons de braço em qualquer situação – caso de Alonso e Hamilton. E, hoje, com tanta tecnologia e telemetria, resta ao piloto se adequar ao set up instalado nos boxes e, acelerar. não há mais testes e a aerodinâmica chegou a tal ponto que não há mais vácuo. é preciso mover o aerofólio para ultrapassar o carro da frente! Creio que o Button seja uma nova vítima dessa fase. Que possa correr em outras categorias, já que é jovem ainda e, pode contribuir com o esporte por mais tempo.

    • Alixandro disse:

      Concordo contigo!! Gostaria de ver uma DTM com o Button, Webber e outros caras, ou uma WEC.. até a Fórmula E recheada de brasileiros valeria a pena. A F-1 caminha para uma ladeira da perdição rs… quando falei dos meninos de video game, vc captou em cheio! falava do Vettel principalmente. Ele é um tetra que não se adaptou às novas regras e ao mesmo tempo, não consegue fazer uma corridinha de efeito a la Senna em 93 com aquela caroça. Acho que os 4 títulos dele não valem nem aquele roubado para o Prost de 1989 rs!
      Fico triste pois um dos meus top 5 sonhos da vida é ir a uma festa daquelas tipo Kingfisher em Monaco rs! ou ir na Billionaire do lendário pai das trapaças e boa praça, Flavio Briatore rs!

  6. viviane disse:

    conordo cntigo!! gostara de ver uma dtm com o button , webber e outros caras, ou uma wec…. até a formula e recheada de brasileiros valeria a pena. a formula 1 caminha para uma ladera da perdição re ….. quando falei

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s