Sobre a boa estreia de Felipe Nasr

nasr O brasiliense Felipe Nasr fez um ótima primeira corrida na Fórmula 1 nesse Grande Prêmio da Austrália. Largou bem, fez ultrapassagens e depois soube manter um ritmo forte e manteve-se à frente de Daniel Ricciardo, da Red Bull, que o seguiu de perto a maior parte da corrida na esperança de um erro, um vacilo do estreante brasileiro, que não veio.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Com isso o brasileiro deixou uma importante boa primeira impressão junto à comunidade da Fórmula 1, pois mesmo ela sabendo que foi uma corrida atípica com vários carros que dariam trabalho à Sauber abandonando (a Red Bull de Kvyat, as duas Lotus, a Ferrari de Kimi, a Williams de Bottas…), também distingue que foi ele quem melhor soube tirar proveito desse cenário, mostrando maturidade, velocidade e constância sem cometer erros já na sua primeira oportunidade.

nasr1Dito isso, a verdadeira expectativa para ele esse ano não mudou desde que escrevi semanas atrás “O que esperar de Felipe Nasr em 2015“, isto é, por mais que o C34 seja uma boa evolução em relação ao modelo C33 de 2014, a Sauber continua sendo mediana, com recursos financeiro bastante limitados e que ao longo da temporada deverá ficar para trás das rivais que tem mais dinheiro para investir em melhorias e durabilidade de seus modelos, minguando as oportunidades para o brasileiro e Ericsson pontuarem.

E diante desse cenário de provável declínio dos resultados de sua equipe, os brasileiros que agora estufam o peito de orgulho e alegria por ter mais um brasileiro na Fórmula 1 não podem cair na armadilha de criar expectativas irreais para o piloto só para se frustrar depois quando ele não tiver mais um equipamento tão competitivo para se classificar bem ou mesmo para evitar ser ultrapassado por outros carros: isso vai acontecer e não será culpa do piloto “que é uma decepção” ou coisa assim.

Então celebremos esse auspicioso início de temporada de Felipe Nasr e da Sauber, mas mantenhamos os pés no chão, pois a temporada será longa e as dificuldades virão quando seus rivais reagirem, o que não deve demorar muito.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

11 respostas para Sobre a boa estreia de Felipe Nasr

  1. Philip disse:

    Acho que a realidade será uma briga ferrenha com a lotus pelo 9 e 10 lugar. Com a vantagem ainda para equipe britanica que apesar da trapalhadas da equie ( e pq n tambem de seus pilotos ?) , ainda tem um carro mais equilibrado

    • Anônimo disse:

      Nao acredito, Toro Rosso tem muita grana, só o motor renault dar uma melhoradinha, Carlos Sainz provou que é bom piloto. as duas lotus, as force india que estao na mesma situação da sauber mas com pilotos mais experientes e ate a mclaren que tem recursos para melhorar ate o fim da temporada

      • Phillip disse:

        Talvez na metade do campeonato em diante , porque até chegar a fase européia, Sauber esta nitidamente mais forte que todas as supracitadas. E acredito que somente a McLaren vai ser capaz de ultrapasa-los por causa do aporte financeiro

  2. Anônimo disse:

    So esqueceu um detalhe inacio. O otimo motor Ferrari!

  3. Anônimo disse:

    perfeito!!!

  4. Thomaz Ribeiro disse:

    Foi a estréia dos capacetes Stillo na categoria máxima também?

  5. Luiz Carlos Domingues da Rocha disse:

    Não poderia ter estreia melhor,a Sauber não marcou pontos em 2014 e já inicia bem 2015. Pena é que assisti na globo e tive de aguentar a divisão de tela para olhar o Galvão e seus convidados quando queria mesmo prestar atenção na corrida.

  6. Anônimo disse:

    A vantagem é que, já fizeram bons pontos nessa etapa para o mundial de construtores, que garante a equipes mais bem colocadas um montante que o sr Ecclestone dedica a essas equipes. Grana que fez muita falta em outras temporadas, a Sauber soube aproveitar bem essa situação. Corridas mais movimentadas, como Canadá, Interlagos,Alemanha, Belgica e algumas que porventura fizer boa classificacao, tipo Hungria,Monaco e Espanha, mais travados, podem disputar o meio do bolo de igual pra igual.. vamos aguardar..

  7. A vantagem é que, já fizeram bons pontos nessa etapa para o mundial de construtores, que garante a equipes mais bem colocadas um montante que o sr Ecclestone dedica a essas equipes. Grana que fez muita falta em outras temporadas, a Sauber soube aproveitar bem essa situação. Corridas mais movimentadas, como Canadá, Interlagos,Alemanha, Belgica e algumas que porventura fizer boa classificacao, tipo Hungria,Monaco e Espanha, mais travados, podem disputar o meio do bolo de igual pra igual.. vamos aguardar..
    As vezes, o esporte a motor nos da boas peças…

  8. rafael disse:

    Ele dara uma surra no ericson que ja tem experiência…

    O motor ferrari vem bem e casou bem.c o carro simples e equilibrado.
    Sobre o carro: e azul pelo chelsea do gutebol e amarelo pelo bb. Nada de suecia…

  9. Pablo disse:

    Esta pista é de média velocidade com curvas fechada, por isto o bom torque do motor Ferrari em baixa rotação mais uma boa suspensão, tornaram a Sauber um carro mais forte do que a Red Bull que tem como ponto forte a aerodinâmica, os Red gostam de circuitos com curvas de alta velocidade, não devemos esquecer que o motor Renault não tem bom torque em baixa rotação, mas em alta ele é bom, a Red deverá massacrar a Sauber em 80% das pistas. E deverá disputar o segundo lugar com a Ferrari. Já a Wiliams são carros que gostam de muitas retas por isto são poderosas na Áustria, Alemanha, Itália, Japão, Rússia e Brasil, por isto a choradeira do Massa que não conseguia entender porque a Mercedes disparou em 2015, mas no ano passado a Williams levou 4 segundos nos treinos das Mercedes, este ano foi só 1,5 segundos. é verdade que o Bottas andou bem, mas a Mercedes segurou os seus pilotos.

    Quanto ao Nasr… o que este menino fez na Austrália é surpreendente, andar bem numa pista que ele nunca correu antes, detalhe a Sauber é a única equipe da F1 que não tem simulador de pista…o Nasr parece ser um piloto bom de pistas travadas, acredito que o Nasr só terá chance de chegar ao pódio em Mônaco. Também terá chances de pontuar na Malásia, China, Hungria e Cingapura. O resto ele não fará pontos.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s