Nova pintura da McLaren vira piada

mclaren4Talvez um pouco frustrados com a revelação da nova pintura da McLaren apresentada às vésperas do GP da Espanha, fãs do mundo inteiro começaram a ironizar o novo visual do carro.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER @inacioF1

Alguns disseram que ele se parece com a capenga equipe Hispânia de 2010 pilotado por Bruno Senna, com a Sauber de 2013 e até com o carro da equipe Coloni da GP2 na temporada de 2010, sem falar no icônico furgão do seriado “Esquadrão Classe A”, famoso no início dos anos 80, como vemos nessas imagens que circulam mundo afora.

Eu não achei o carro feio, longe disso, mas entendo a frustração das pessoas que esperavam algo mais radical, talvez remetendo ao vermelho e branco ou até o laranja usado em décadas passadas. E você, gostou do novo visual da McLaren (veja AQUI)?

mclaren2mclaren3coloniGP2

Publicado em Uncategorized | 5 Comentários

Veja as novas cores da McLaren

mclarenE a McLaren realmente mudou suas cores, mas conforme falei aqui ontem, tendo como base as próprias informações divulgadas por ela, a mudança não foi tão radical e evoluiu sobre o conceito da pintura antiga sem adotar elementos retrô como muitos gostariam.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER @inacioF1

mclarenNa nova pintura – que não trouxe nenhum novo patrocinador – o grafite/cinza substituiu o cromado que havia no centro do carro e um grafismo vermelho mais agressivo agora se faz presente nas partes superiores das entradas de ar laterais e na metade do bico do carro, perdendo entretanto aquele contorno de mesma cor que se estendia do bico à cobertura do motor, incluindo os retrovisores, algo percebido com maior clareza quando o carro é visto de cima e comparado com o visual antigo, como nessas fotos que selecionei ao lado.

Ficou bonito? Isso é bastante discutível e pessoal. Eu gostei, mas embora tenha achado um pouco sem sal, reconheço um importante rompimento com a cor prata/cromada que por quase 20 anos foi associada à antiga parceira Mercedes e que podia não estar agradando à Honda. Aliás, a Codemasters, que colocou a McLaren com visual antigo até na capa do seu recém lançado jogo “F1 2015″ deve ter ficado feliz da vida com essa mudança… Clique nas imagens para ampliá-las!

Publicado em Uncategorized | 11 Comentários

McLaren virá com cores novas

mclarenNo início do ano, grande foi a frustração de fãs e imprensa com as cores da McLaren para essa temporada de reunião com a Honda. Diante disso Ron Dennis disse que mudaria as cores da equipe, lançando até uma enquete no twitter oficial da equipe para saber que cores seriam a mais queridas pelo público.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER @inacioF1

Desde então o silêncio imperou, até que semana passada voltou-se a falar em mudanças de cores dos carro para a etapa de Barcelona após a divulgação de um vídeo teaser mostrando Fernando Alonso pilotando a McLaren 1988 branca e vermelha de Ayrton Senna, o que alimentou a esperança de muitos de rever a equipe com as tradicionais cores da Marlboro, como na montagem acima com Prost ao volante.

Só que por mais que goste dessa hipótese, acho isso muito difícil de acontecer, pois a marca de cigarros é uma grande patrocinadora da rival Ferrari, mesmo sem aparecer na lataria (o atual chefão da equipe italiana, Maurizio Arrivabene, era dirigente de marketing da cigarreira até meses atrás) e a equipe inglesa não iria fazer propaganda de graça para a sua maior rival histórica, iria?

A novidade visual deverá ser algo mais sutil, como uma mudança na tonalidade das cores atualmente utilizadas, acentuando o grafite/cinza no lugar do cromado, conforme já declararam, isso enquanto continuarem pelo seu segundo ano seguido sem um novo patrocinador, hipótese que poderia evocar uma maior mudança no grafismo do carro, algo que ainda não vejo acontecer tão cedo.

No fim todo esse zumzumzum é também uma manobra publicitária para atrair mais atenção da mídia (e está funcionando) para manter o nome da equipe – em baixa nas pistas – nas manchetes e divulgar os patrocinadores já existentes, como a marca de relógio Tag Heuer que há 30 anos mantém estreita relação com a McLaren, vamos aguardar.

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

Alonso pilota McLaren de Senna

aloSennaNesse vídeo promocional, vemos Fernando Alonso pilotando a McLaren-Honda MP4/4 1988 de Ayrton Senna ao lado da MP4/30 pilotada por Jenson Button na pista de Barcelona. Na verdade trata-se apenas de um pequeno aperitivo para um vídeo maior que será liberado mais pra frente, mas já dá um belo gostinho, vejam:

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER @inacioF1

Publicado em Uncategorized | 1 comentário

Todos os carros da Ligier

TODOS ligierAgora vamos com uma imagem que reúne todos os carros da extinta equipe francesa Ligier, que nunca ganhou um campeonato de construtores nem de pilotos na Fórmula 1, mas que ao longo de suas 21 temporadas (1976-1996) e 326 GP´s acumulou 9 vitórias, 9 pole-positons e 50 pódios. Antes de ter esse nome a equipe existia como Matra (essa venceu o campeonato de pilotos e construtores de 1969 com Ken Tyrrell preparando o carro para Jackie Stewart correr).

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER @inacioF1

Dois pilotos brasileiros pilotaram seus conhecidos carros azuis com as marcas de cigarros franceses: Raul Boesel em 1983 e Pedro Paulo Diniz em 1996. Em 1997 a equipe, sempre orgulhosa de suas origens francesas, foi comprada por Alain Prost e apesar dos planos ambiciosos e patrocínios inicialmente suficientes, definhou pelos 5 anos seguintes até falir…

Como curiosidade, o campeonato de 1997 foi disputado com o carro ainda com as iniciais da Ligier (o JS45) por ser o último projeto deles, uma evolução do carro de 1996, já que o novo dono assumiu a equipe no início daquele ano sem tempo para projetar algo novo e ironicamente essa foi a melhor temporada da nova equipe comandada pelo tetracampeão… Clique na imagem para ampliá-la!

Publicado em Uncategorized | 6 Comentários

Force Índia e Sauber preocupadas com o GP da Espanha

FindiaA equipe Force Índia, que já iniciou o ano devendo bastante desempenho em relação ao que mostrou na temporada de 2014 quando até pódio conquistaram, corre o risco de ficar ainda mais para trás das rivais a partir do GP da Espanha.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER @inacioF1

Isso porque é esperado que várias equipes tragam atualizações para os seus carros nessa etapa e que em dando certo, poderão torná-las mais competitivas para obter melhores resultados e pontos do que o time de Nico Hulkenberg e Sérgio Perez, cujo projeto de carro”B” revisado e previsto para estrear agora no retorno da Fórmula 1 ao continente europeu foi adiado por atrasos no desenvolvimento que teriam como razão principal a falta de dinheiro, já que os donos da equipe estão com dívidas bilionárias com credores e/ou a justiça indiana.

Assim, a meta da equipe para as próximas etapas deixa de ser superar as rivais, mas não perder contato com elas na tabela de construtores, onde com seus 11 pontos conquistados está encostada na Toro Rosso e Lotus, ambas com 12 e ainda próximas à Sauber, com 19 e cujo ritmo de desenvolvimento do carro também não deve ser dos mais fortes pela falta de um orçamento mais robusto.

Formula One World Championship 2015, Round 4, Bahrain Grand PrixSobre o temor de queda de desempenho da equipe suíça ante ao bom início de temporada, aliás, o brasileiro Felipe Nasr foi sincero numa entrevista para o portal da Globo, dizendo: “Foi um bom começo, promissor para a nossa equipe. Tivemos bons resultados. Agora, é entrar na fase europeia. Para mim, é muito mais fácil de trabalhar o acerto do carro, são pistas que conheço. Mas Barcelona vai ser o grande ponto de mudança das equipes. A maioria vai estar evoluindo. Não sei se vamos estar tão próximos da zona de pontuação como estávamos nas outras etapas. Vai ser a grande prova para a gente saber onde vamos estar. Sendo realista, já sabíamos que as coisas ficariam mais difíceis durante o ano. Então, acho que vai ser mais difícil entrar nessa zona de pontuação”.

Mas a equipe chefiada por Monisha Kaltenborn não largou a toalha e ainda tem algumas evoluções programadas que, se derem certo, poderão ajudá-la nessa disputa contra rivais mais fortes, conforme conta Nasr na mesma entrevista: “A equipe já vem preparando algumas atualizações, até mesmo de motor, da Ferrari. Vamos ter alguma melhoria nisso. E a Sauber vem desenvolvendo principalmente a parte aerodinâmica. É uma limitação grande do carro em comparação com nossos principais rivais. Esse é o ponto em que a gente vem trabalhando mais”.

Nasr realara ainda que até chegaram a testar uma atualização no carro duas corridas atrás (e que na época eu lhes mostrei AQUI), mas que ela não funcionou como o esperado:  Tivemos uma asa dianteira que foi apresentada na China, mas infelizmente não funcionou como a gente esperava. Então, está sendo retrabalhada e espero que em Barcelona a gente consiga tirar algum proveito.”

Com toda essa expectativa de mudanças em carros de várias equipes para o GP da Espanha, a etapa é de grande importância tanto para quem corre como para quem assiste a categoria, a fim de identificar visualmente e sobretudo no cronômetro se alguém veio com uma evolução melhor que as dos rivais e desequilibra a atual distribuição de forças do grid.

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Como nasce o capacete de Kimi Raikkonen

kimiAbaixo vemos um vídeo mostrando como é fabricado um capacete da marca americana Bell usado por Kimi Raikkonen. Essa fabricante também fornece para outros pilotos do grid como Romain Grosjean, Pastor Maldonado e Lewis Hamilton (que aposentou os modelos da japonesa Arai após 20 anos de parceria).

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER @inacioF1

Infelizmente esse vídeo é um pouco simplista, não mostrando uma das partes mais interessantes do capacete que é o seu recheio de várias camadas de diferentes materiais de alta tecnologia que, junto com o casco externo de fibra de carbono, garantem absorção de impacto e a resistência ao fogo, mas ainda assim vale a pena ser assistido:

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

As malas de Ayrton Senna

AmaladeSenna1Essas são imagens das malas de Ayrton Senna na sua última temporada de Fórmula 1 em 1994. Não sei se essa mala foi preparada/usada por ele já no início da temporada ou ainda nos testes de inverno, tampouco as origens delas (serão fotos de alguma matéria de revista da época?), pois na primeira foto vemos o macacão de corrida da Williams sem o nome dos cigarros Rothmans que foi utilizado por ele nas 3 primeiras corridas daquele ano e sim o genérico Racing, a ser usado em pistas onde a propaganda de tabaco era proibida.

Curta nossa página no FACEBOOK e siga-me no TWITTER @inacioF1

Além disso, vemos também luvas de competição, balaclava, tênis e roupas do dia-a-dia como calça jeans, camisa social e um pequeno pacote de lenços de papel, no canto esquerdo da foto.
AmaladeSenna2

Na segunda mala, essa de mão, Ayrton levava seus objetos pessoais, como uma Bíblia, diversas credenciais de acesso onde se lê numa delas o nome da Williams, um gibí do seu recém criado personagem Senninha, agenda, algo que parece ser um porta-passaporte, caneta Mont Blanc, cartões de crédito, um pequeno porta-earplug para amenizar o barulho dos motores e algo que parece um colírio junto à alguns bottons de seu capacete. Lembranças de 21 anos atrás… Se alguém souber mais detalhes da história dessas fotos me avise que eu conto aqui!

Publicado em Uncategorized | 14 Comentários